Pop & Art

Capas ousadas


Bumbum de Franco e outras revistas
.
Por Neto Lucon (Yahoo!)
.
Capa da "Flaunt": ousadia é com James Franco
O ator James Franco decidiu surpreender. Capa da revista americana “Flaunt”, voltada para moda, filmes e arte, o ator apareceu exibindo o... Bumbum!
.
Na revista, Franco estampa duas capas. Uma em que aparece como um aluno comportado, totalmente vestido. E outra com o seu bumbum de fora, com direito a uma tatuagem da “Flaunt” no cóccix. 
.
Apesar da repercussão, esta não é a primeira vez que James Franco provoca comentários em uma capa de revista. Anteriormente ele já havia posado como travesti para a revista “Candy" e apareceu totalmente pintado de rosa e verde para a revista "wooooo".
.
Veja outras capas de revistas ousadas com famosos.
.
Beth Ditto na NME: Em 2007, ao contrário do estereótipo de beleza magérrimo, a revista trouxe a gordinha Beth Ditto como a “Mulher Mais Sexy do Ano”. Além da foto ousada, a revista traz uma declaração da cantora: “Beije minha bunda”

Demi Moore na Vanity Fair: Antes de fotos de grávidas nuas virarem moda, Demi Moore surpreendeu em 1991. Há quem diga que ela se tornou ainda mais conhecida após a imagem, que veio logo depois do filme “Ghost – Do Outro lado Vida”.

Lady Gaga na Vogue Hommes: A cantora já protagonizou várias capas inusitadas, mas uma das que mais chamaram atenção foi a que apareceu vestida com carne crua para a “Vogue Hommes”. A foto foi tirada por Terry Richardson e inspirou várias apresentações da artista. 

Picanha Gaga, Demi grávida e Ditto pede beijinho
Ticiane Pinheiro na Playboy: Fetiche pouco comum, a “Playboy” trouxe em 2003 a eterna garota de Ipanema, Helô Pinheiro, apresentando a nudez da filha, Ticiane Pinheiro. Helô não só apresentou a capa polêmica, como também tirou a roupitcha para a publicação. Foi a primeira vez que trouxe um ensaio com mãe e filha.

John Lennon e Yoko Ono na Rolling Stone: A capa marcou uma geração e até hoje é referência de ousadia. A imagem foi feita pela fotógrafa Annie Leibovitz pouco antes de Lennon ser baleado e acabou sendo usada na capa de tributo a Lennon, em 22 de janeiro de 1981.

Carla Perez e Papai Noel na Playboy: Imitando Janet Jackson, Carla Perez apareceu com os seios segurados por ninguém menos que Papai Noel. A capa gerou polêmica por sexualizar um personagem infantil, e a revista sofreu até censura. Tudo isso em dezembro de 2000. 

Mulher Melancia na Playboy:  Embora não fosse o primeiro ensaio da mulher-fruta, a “Playboy” brasileira precisou de muita ousadia – e coragem! – para comparar Andressa Soares a uma das maiores atrizes da história mundial: Marilyn Monroe. Andressa imitou a pose e a foto e recebeu inúmeras críticas.

Helô, Lennon e Carla Perez
Lea T e Kate Moss na Love: A revista americana apostou na imagem da modelo transexual Lea T beijando a boca da top Kate Moss. O registro foi feito pela dupla Mert Alas e Marcus Piggott.

Janet Jackson na Rolling Stone: Irmã de Michael Jackson escandalizou quando apareceu com os seios segurados por uma mão anônima. A foto tirada na edição de 1993 é considerada uma das imagens mais marcantes dos anos 90.

Beijo lésbico entre Lea T e Kate Moss
Andrej Pejic na Dossier: O modelo causou polêmica na revista americana “Dossier” neste ano. Sem camisa, ele confundiu muita gente que viu a imagem: seria um homem ou uma mulher? A revista foi censurada nos EUA por conta de sua androginia. 

James Franco na Candy: Fotografado por Terry Richardson, Franco se travestiu para a revista “Candy”, voltada para travestis e transexuais. A revista já trouxe o modelo Luke Worral na capa também como travesti. 

Franco de travesti e Andrej Pejic
Reportagem foi home do Yahoo! Veja aqui também: http://br.omg.yahoo.com/fotos/capas-ousadas-e-criativas-de-revistas-1319726355-slideshow/

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

2 comentários:

RICARDO AGUIEIRAS disse...

Enquanto isso, nas revistas gays brasileiras, só elitismo , conservadorismo e só seus editores visando o lucro antes de tudo. Nunca estiveram do nosso lado, mas sempre estiveram do lado do nosso bolso. Vide um, que pensa que é militante, mas resolveu culpar a vítima de um crime homofóbico, chegou à postura horrenda de chamá-lo de "mane", de chamar o gay morto de "mané" e deu desconto para o assassino. Pior, ele me desrespeita tanto que teve a cara de pau de vir me pedir entrevista na última parada, lá no espaço da Prefeitura. Mantenha distância, senhor bolha de conforto! Obrigado e parabéns por ter publicado essas capas, aqui, Neto!
Ricardo Aguieiras

Anônimo disse...

Reportagem maravilhosa Luc adorei. Bjs no coração
Eduardo Moraes

Tecnologia do Blogger.