Pitacos

Crítica: Anjos não nascem nas Igrejas

"Fui humilhado perante toda a igreja só porque
amava uma pessoa do mesmo sexo e... quase
seis meses depois transei com o pastor"
Livro critica homofobia e contradições das igrejas evangélicasNeto Lucon (Mix Brasil/ 2010)Escrito por Ed Lopez, o livroAnjos não Nascem nas Igrejas” (Desfecho Romances), retrata, através da história de um pré-adolescente, as contradições das igrejas evangélicas, cercada por homofobia e a maciça presença de homossexuais - de fiéis a pastores.
O fio condutor das histórias é Eduardo, um garoto simples e ingênuo de 12 anos que passa a ser criado pelos avôs e sofre vários abusos sexuais do tio Doca, que almeja tornar-se pastor. Sempre acompanhado de amigos da igreja, o jovem namora Raquel, uma menina que não vê a hora de perder a virgindade. Mas enquanto segue à risca o dogma “só depois do casamento”, ele se vê apaixonado pelo amigo Elias, com quem tem uma intensa história de amor às escondidas.

A narrativa do autor é cinematográfica e faz viajar pela vila de Fortaleza e pela praia de Iparana (onde Eduardo protagoniza envolventes cenas de amor e sexo). “No final do dia os dois estavam pelados deitados sobre a areia da praia olhando para o céu que se apagava lentamente com a escuridão que chegava acompanhada das estrelas. Uma mão grande subia lentamente sobre uma pequena mão composta de dedos finos e a apertava. Arrepio de pelos. Fôlego quase que inexistente. Eduardo estava apaixonado.”

Embora esta seja uma obra de ficção (com direito a um serial killer de gays), é possível identificar verossimilhança nas histórias e nos argumentos utilizados por homofóbicos religiosos. O autor narra, entre os enredos paralelos, a expulsão de Reginaldson, um fiel que é descoberto homossexual (e depois se torna travesti) e que não aceita passar por um processo de “cura”, após uma reunião com portas fechadas. Vítima de comentários sobre sua sexualidade, Eduardo também passa por tal reunião e, ao confirmar o caso amoroso com Elias, tem uma decepção vinda do amado.

Há também um grupo chamado Cavaleiros do Apocalipse, composto por Doca (tio de Eduardo), Pedro (apaixonado por uma mulher casada e disposto a fazer de tudo para ficar com ela), Josué (gay enrustido que agride homossexuais com chicote num ritual agressivo de exorcismo) e Ismael (que saqueia o dinheiro das ofertas). Além de um garoto bastante introspectivo e voltado ao estudo minucioso da Bíblia chamado Gabriel.

Mais que uma história, "Anjos não Nascem nas Igrejas" (como o próprio nome diz) é uma crítica à contradição de dogmas e a realidade das igrejas. Isso fica claro na frase do protagonista (pág. 289) com o pastor Ricardo, com quem ele também tem um rápido romance:Fui humilhado perante toda igreja só por que amava uma pessoa do mesmo sexo e... quase seis meses depois transei com o pastor. Que tipo de igreja é essa? Que doutrina é essa que ninguém segue?” Uma ótima dica de leitura para as férias.

                      O AUTOR
Ed Lopez é natural de Aracoiaba, Ceará, e mudou-se ao Rio de Janeiro para estudar teatro. Dirigiu o curta-metragem "Soropositivo", que ganhou o Selo Oficial do Ministério da Saúde, e escreveu o roteiro de A Goiabeira, em que ganhou o concurso nacional de roteiros no Projeto Sal Grosso. Recebeu o Kikito no Festival de Cinema de Gramado, Melhor Filme na Mostra Curta Noite. 

                                     O LIVRO
Autor: Ed Lopez
Ano: 2010
Gênero: Romance
Páginas: 356
Preço: R$40,00

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.