Pitacos

O peso da autoestima

Adele e Beth Ditto: na contramão dos estereótipos
Neto Lucon *Yahoo!
.
Adele diz que nunca teve problema com a balança
“Já li coisas sobre mim do tipo ‘ela nunca vai conseguir (fazer sucesso) porque é gorda’”, declarou a rechonchuda cantora Adele, 23 anos, uma das artistas de maior sucesso da atualidade. A frase parece exagero, mas infelizmente demonstra o real preconceito contra gordos. Pergunte-se: quantas artistas gordinhas – e de bem com o corpo – encontramos no show business? 
.
Britney Spears foi massacrada e lutou contra a balança durante meses, assim como Jennifer Hudson, Kelly Clarkson e Mariah Carey. Quando emagreceram, foram vangloriadas – ou quase. É claro que atentar-se à saúde é primordial – o ator Alec Baldwin, por exemplo, perdeu 13 quilos em um tratamento contra a diabetes – mas nem sempre magreza é sinônimo de saúde ou quilinhos a mais é referência de desleixo.  
.
Para Adele, uma gordinha bem cuidada, entregar-se (ou não) às cobranças da mídia é uma questão de objetivo: “Não quero estar na capa da ‘Playboy’ ou da ‘Vogue’. Eu quero estar na capa da ‘Rolling Stone’ ou da ‘Q’. Não sou uma ditadora de tendências, sou uma cantora. Prefiro pesar uma tonelada e fazer um álbum incrível a parecer a Nicole Richie e fazer um CD horrível”, declarou. 
.
Tamanha autoconfiança fez dela, sim, capa da “Vogue” inglesa em 2011.
.
Preta Gil não gostou nada
das críticas sobre seu corpo
 CHACOTA E AUTOESTIMA
Em 2003, a brasileira Preta Gil exibiu suas generosas medidas no encarte de seu primeiro CD “Prêt-à-Porter”. A foto nua causou polêmica e obrigou a cantora a discursar: “Já tive um filho, quilos a mais, estrias e celulite. Fiz lipo, tomei remédios, fui parar no hospital sem comer. Hoje acho meu corpo bonito, sensual”, declarou à revista “Época”. 
.
Preta se tornou referência para várias mulheres - afinal, 56,3% dos brasileiros têm excesso de peso ou estão obesos, segundo o Ministério da Saúde – porém se irritou, tempos depois, com os vários comentários maldosos sobre sua forma física. A pior delas ocorreu durante a ida à praia com Sabrina Sato: a cantora se tornou piada nacional com a comparação de corpos e até processou os humoristas do “Pânico na TV!” (RedeTV!). 
.
Posteriormente, a artista fez lipo, rejeitou o rótulo de “gorda” (é fofinha, no máximo) e até se diz contra a moda plus size. “Não existe mulher gorda. Celulite virou tendência. E digo mais: celulite não mede caráter”. Hein?
.
 “SE ELA PODE, EU TAMBÉM POSSO” 
Odiada por muitos nutricionistas, outra cantora que demonstra estar em paz com o espelho é Beth Ditto, 30 anos, vocalista da banda Gossip e um ícone fashion. Além de posar nua para várias publicações – e ignorar photoshop emagrecedor - a cantora foi a primeira a se rebelar contra a moda. 
.
Convidada para um evento, Ditto criticou a cadeia de lojas “Topshop”. “Não acho justo aliar a minha imagem a um local que nunca me fez sentir bem-vinda como compradora”, escreveu em seu blog, provocando surpresa à empresa. Ela foi mais longe e até se ofereceu para desenhar uma linha de roupas para “moças grandes”. 
.
“Se Kate (Moss, modelo magra, que assina para a Topshop) pode, eu também posso”, frisou. E pode mesmo. Tanto que, um ano após o desabafo, Beth disponibilizou nas lojas a primeira linha GG para a “Evans”, grupo de tamanhos generosos, que pertence à Topshop.
.
Em entrevista à revista “Istoé”, a modelo brasileira pluz size Fluvia Lacerda, conhecida como a Gisele Bündchen GG, declarou que no Brasil as lojas são ainda piores. “É muito mais difícil se vestir. As roupas são feias, caem mal, parecem um saco de batata. Tenho a impressão de que o dinheiro de uma mulher que veste acima de 44 não tem valor no Brasil”, lamenta.  
.
Nos últimos anos, a moda plus size ganhou espaço no Brasil, concursos de beleza com mulheres cheinhas aumentaram (Miss Brasil Plus Size), o que pode culminar em uma melhora no guarda-roupa e, principalmente, na autoestima dessas mulheres. 
.
Beth é odiada pelos nutricionistas
.
 DICAS DE ADELE 
Embora esteja aparentemente tranquila com seu corpo, Adele se diz insegura em muitas situações. Segundo ela, uma dica para não ficar neurótica com medidas, é não se relacionar prioritariamente com pessoas que apontem constantemente o seu corpo como um grande problema.
.
“Meu peso nunca foi um problema. Nunca andei com pessoas que me fizesse sentir que era um problema. Claro que sou insegura, mas não me relaciono com pessoas que ficam apontando isso o tempo todo para mim”, declarou. 
.
Apesar dos comentários maldosos, ela frisa que não quer ser outra pessoa ou ter outro corpo: “Eu gosto de ser eu mesma e sempre gostei. Eu vejo que algumas pessoas deixam que isso domine suas vidas, querem ser mais magras ou terem peitos maiores, e isso só as deixa para baixo. Eu não quero isso na minha vida”, garante.
.
Em 2012, ela apareceu em cenas românticas com um novo namorado, Simon Konecki, com quem demonstra estar muito feliz. “Meu namorado gosta do meu corpo e isso é o mais importante”, frisa a artista. Uma referência para as gordinhas de todo o mundo.
.
'Eu gosto de ser eu mesma e sempre gostei', declarou

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

1 comentários:

digo san disse...

corpos perfeitos somente na tv a realidade é outra. ainda bem q aos poucos vão trazendo a realidade como as gordinhas na novela da 7, o bbb que esse teve analice, mayara, joão.

Sensacional o comentário da Adele “Não quero estar na capa da ‘Playboy’ ou da ‘Vogue’. Eu quero estar na capa da ‘Rolling Stone’ ou da ‘Q’.

netim arrazando

Tecnologia do Blogger.