Pop & Art

Aos 92 anos, ex-modelo posa para ensaio de lingerie e diz: 'Sou livre'


Muitos se espantam quando uma famosa posa para uma publicação masculina depois dos 40. Imagine então  um ensaio sensual - e de bom gosto - ser estrelado por uma mulher depois dos 90 anos?

Aida Cordello, que tem 93 anos e vive em um abrigo para idosos de São Paulo, aceitou o convite da fotógrafa Gina Stocco, conhecida por retratar belezas das mais variadas idades, para reviver os tempos que servia de inspiração para o falecido marido, que trabalhava como fotógrafo.

“Eu trabalhava como modelo do meu marido e servia de inspiração para as fotos de outras modelos. Mas confesso: sentia muita vergonha. Hoje em dia, não. Me sinto muito a vontade com os bastidores de um ensaio e adorei o convite”, garantiu Aida com exclusividade ao NLucon.

De acordo com a senhora, toda a família apoiou o ensaio fotográfico e sua única preocupação foi os colegas e amigos do asilo. Aida teme que eles a vejam em trajes íntimos e exibindo as belas pernas. “Acho que eles podem ficar surpresos, nem imaginam (risos). Mas gostei de participar. Sou uma mulher livre, aberta, para cima, ousada”, afirmou, com extrema lucidez.

No início de 2012, a ex-modelo sofreu um grave acidente de carro. "Depois do que ocorreu, a família não imaginava que ela pudesse dar essa volta toda e fazer um ensaio assim. Ficamos felizes com essas fotos, pois ninguém imaginava vê-la toda feliz e sensual. Ela dizia: 'Eu tô linda, eu tô linda'", revela a filha Silvina Cordello.

ME SENTI ÓTIMA, OUSADA, PRA CIMA!

Acostumada a fotografar mulheres maduras, Gina disse que o ensaio de Aida foi o mais emocionante de sua carreira. “Foi o que mais me deixou sensibilizada, porque pude sentir a alegria dela por estar revivendo essa experiência. Aida é um exemplo”, declarou.

Ela diz que, assim como a modelo britânica Daphne Selfe posou para editoriais aos 83 anos, atualmente é comum ver mulheres maduras aceitarem fotografar para ensaios sensuais. “Muita coisa mudou. A mulher que tem 50 anos hoje corresponde à que tem 30 de antigamente. Ela ainda é sensual e quer mostrar isso para mundo”.

Ao comentar a experiência e o resultado das fotos, Aida declara: “Me senti ótima, ousada, para cima”. O resultado é exatamente esse!

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.