Pop & Art

Após 11 anos, Mônica Waldvogel deixa 'Saia Justa' e lamenta corte: ‘É um luto para mim’

Mônica Waldvogel (56) confirmou que deixará o Saia Justa (GNT) no próximo ano. Porém, de acordo com a jornalista e apresentadora, a decisão não partiu dela. Mônica foi comunicada pela emissora nesta semana de que o programa teria outro formato em 2013 e que seria reinventado. 
“É uma luto para mim, afinal é uma ideia que eu tive e que levei para o GNT há 11 anos. O programa é muito visceral, está no coração e na minha cabeça. Fui informada agora, mas é assim mesmo: as coisas terminam. E o meu contrato termina no dia 31 de dezembro”, afirmou Mônica à CARAS Online.
De acordo com ela, por enquanto não há nenhuma previsão de um novo programa e nem de um novo projeto.  “Não, não. Acabei de ser comunicada e não tive tempo de pensar. Ainda estou preparando o próximo Saia-Justa”, disse ela, que tem a cara da atração. “O programa conta com a minha marca”.
Mônica afirma que soma grandes momentos na atração e que sai totalmente transformada. “Me envolvo com cada programa como se fosse o último e me emociono ao falar e ouvir histórias. Às vezes, eu me preparava para o programa e as colegas falavam de outra coisa que eu me surpreendia: ‘poxa, que luz, aprendi uma coisa nova’”.
Em tom de despedida, ela continua: “Sou outra pessoa 11 anos depois. Modifiquei os meus valores, me misturei muito. Então o Saia Justa é muito marcante na minha vida”.
 Atualmente, Mônica apresenta o programa ao lado de Teté Ribeiro, o músico Leo Jaime (52), o jornalista Xico Sá(50) e os atores Dan Stulbach (43), Du Moscovis (44) e Maria Fernanda Cândido (38).




(Entrevista foi escrita pelo Neto Lucon no dia 31 de outubro e publicada originalmente http://caras.uol.com.br/canal/nacionais/post/monica-waldvogel-deixa-saia-justa-depois-de-11-anos)

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.