Realidade

Incomodada com entrevista de Guilherme de Pádua, Gloria Perez cria blog sobre processo do assassinato da filha, Daniella

Gloria Perez (64) continua incomodada com a entrevista que a TV Record exibiu no dia 8 de dezembro, com o ex-ator Guilherme de Pádua (43), assassino de sua filha Daniella Perez (1970-1992). Na manhã desta sexta-feira, 14, Gloria afirmou que está organizando detalhes de todo o processo em um blog. “Estou organizando as provas do processo num blog ainda em construção: vídeos, documentos, áudios”, escreveu a autora de Salve Jorge, da TV Globo, salientando que ficou com “nojo” dos rumores de que ele tenha faturado R$18 mil com a entrevista.
Em declaração à CARAS Online, a autora afirma que considerou necessário deixar o registro para o público e relembrar o caso, que completa 20 anos. "Poucas pessoas assistiram o tribunal do juri, onde se comprovou o que de fato aconteceu: um crime premeditado e cruel, motivado pela ganância de um ator medíocre, que acreditava estar sendo retirado de uma novela. Mas muita gente acompanhou durante os cinco anos em que se esperou o julgamento, o festival de 'versões' com que os assassinos buscaram escapar".
Ao comentar o receio do ex-ator em contar detalhes para a TV, ela diz: "Enquanto réu, o assassino esteve protegido por um estranho dispositivo da lei brasileira, que permite ele mentir e caluniar, como parte de seu 'direito de defesa'. Julgado e condenado, Guilherme de Pádua passa a responder pelo que diz como qualquer um de nós. Mentiras e calúnias resultam em processos. E é por isso que ele se diz impedido de falar".
A página Daniela Perez – Detalhes de um Processo mostra reportagens, artigos, textos e vídeos do juri e da imprensa sobre o assassinato que ocorreu em no dia 28 de dezembro de 1992 e chocou o país. Guilherme foi condenado a 19 anos por homicídio duplamente qualificado, com motivo torpe e impossibilidade de defesa da vítima,  e em 1999 pode cumprir a pena em liberdade condiconal, depois de ter cumprido um terço. A ex-esposa dele, Paula Nogueira Thomaz, também foi condenada e também está em liberdade. Na época, ele contracenava com Daniella na novela De Corpo e Alma, em 1992.

A reportagem, que foi escrita por Neto Lucon e reproduzida no NLucon, também pode ser lida na Caras Online: http://caras.uol.com.br/canal/nacionais/post/gloria-perez-detalha-em-blog-processo-sobre-morte-da-filha-daniella-perez#image0

Raul Gazolla e Daniela Perez

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.