Pop & Art

Anjinho de Amor à Vida, Lucas Malvacini diz que público gay o acolheu

"Gentileza gera gentileza", diz o novo galã da Globo

O modelo e ator Lucas Malvacini chamou atenção no capítulo de Amor à Vida, da TV Globo, desta quarta-feira (22).  Dono de uma beleza inquestionável, o bonitão deu vida ao amante gay de Félix, personagem de Mateus Solano, que é casado com Edith (Bárbara Paz) e vive uma vida dupla. Na cena, ele é chamado de "anjinho", aparece em um encontro amoroso e recebe presentes do vilão da trama de Walcyr Carrasco.

Feliz com a oportunidade, Lucas afirma com exclusividade ao NLucon que passou pela Oficina de Atores da Globo e que pretende investir na arte de atuar.



“Desde muito jovem eu queria ser ator. A moda foi um trampolim para que isso pudesse acontecer. Espero que, nesta oportunidade, eu consiga aproveitar o lado ator do Lucas, assim como tenho levado o lado de modelo. Não tenho um ídolo que eu siga a conduta, tenho exemplos de pessoas que estavam na moda e passaram a atuar na televisão, no teatro e em filmes”, afirmou.

Mister Brasil 2011 e o homem mais sexy daquele ano, de acordo com leitores da revista Junior, Lucas afirma que recebe o carinho do público gay por seus ensaios fotográficos. No último ano, ele só perdeu a eleição dos mais sexy para Malvino Salvador – seu colega de elenco. “Em minha opinião, uma pessoa sexy é aquela que é bem resolvida, se aceita da maneira que é e consegue passar isso para os trabalhos que faz. No meu caso, dependendo da proposta, busco levar essa sensualidade e tem dado certo”, comemorou.

.
 

Ao comentar se concorda com o vice de 2012, o novo galã da telinha garante que está satisfeito: “É sensacional ter concorrido com pessoas muito famosas, atores globais de sucesso e ainda ficar em segundo lugar. Não me acho bonito e tampouco sexy, mas tento fazer meus trabalhos da melhor maneira possível. Ao mesmo tempo, não forço nada, quem me conhece diz que é algo natural”.

Mesmo namorando uma estudante de odontologia, ele caiu nas graças do público colorido e tenta explicar como se tornou o queridinho dos gays. “Talvez por eu aceitar as diferenças e não ter preconceito. O público gay me acolheu de uma maneira muito carinhosa e especial. Sou grato a esse público por me colocar onde estou. As pessoas entendem quando você respeita e elas te respeitam por você também as respeitar. Não sei explicar porque sou queridinho, só tenho a agradecer esse carinho, que cada vez mais cresce. Gentileza gera gentileza”.

Lucas foi duas vezes capa da revista Junior e também estampou a revista ACapa. Boa sorte e sucesso! Assista à cena de Lucas clicando na imagem abaixo. 
.
Lucas e Mateus Solano em Amor à Vida
Anjinho e Félix: um casal bonito?

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.