Eventos

Kimberly Luciana Dias, do Trans em Debate, representa 'SP Escola de Teatro' em premiação LGBT

(fotos Eduardo Moraes/ site Abalo)

O 13º Prêmio Cidadania em Respeito à Diversidade que ocorreu na noite de sexta-feira (3), em São Paulo, contou com a presença de Kimberly Luciana Dias, travesti que participa do Trans em Debate, do NLucon. A artista e militante subiu no palco para representar a SP Escola de Teatro, que venceu a categoria Ação Cultural.

Kimberly, que é recepcionista da escola, fez o seu discurso sobre a importância do espaço, que emprega sem preconceitos travestis e transexuais, e sobre o espetáculo Transvisão, que é feito inteiramente por artistas travestis e transexuais, e que foi levado juntamente com o ator Leo Moreira Sá para as atividades da Semana da Visibilidade Trans.

“Fiquei muito feliz por representar a escola, em nome do diretor executivo Ivam Cabral, e poder fazer aquele discurso. O espaço apresenta uma sensibilidade incrível – e um pioneirismo que merece destaque – por colocar na grade de funcionários travestis e transexuais. Entre elas, eu”.

Pelo comovente e preciso discurso, que também fez menção à memória de Camilla de Castro [travesti que se suicidou em 2005], Kimberly foi aplaudida cinco vezes e contou com o elogio da cartunista Laerte. “Acho que acertei nas palavras”, comemora ela.

Compareceram ao evento Bianca Mahafe, Daniela Mercury, Phedra de Córdoba, Kaká Di Polly, Tchaka, Adriana da Silva, Dindry Buck, Gretta Star, Majorie Marchi, entre outros. E a cobertura completa poderá ser vista no site Abalo, do querido Edu Moraes, a partir de segunda-feira (6). 

Kimberly é recepcionista da SP Escola de Teatro

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

1 comentários:

K.I.M.B.E.R.L.Y disse...

Muito obrigada Neto Lucon, e todas as criticas positivas que venho recebendo no dia de hoje, e sua matéria só vem a somar essa positividade, meu muito obrigada! BEIJOS <3

Tecnologia do Blogger.