Testosterona

Musos AntiFeliciano posam para ensaio e protestam: 'Parece que precisamos de cura?'


Nas manifestações políticas de quinta [20] e sexta-feira [21], em São Paulo, o estudante de marketing Ed Garcea e o fotógrafo Tiago Almeida roubaram a cena. Donos de rostos e corpos que exalam beleza, química e testosterona, os gatos pintaram o rosto de verde e amarelo, tiraram a camisa e ergueram o cartaz: “Feliciano, olha o que você está perdendo”, com duas setas apontadas - claro! - para eles.

O humorado manifesto acabou chamando atenção de várias pessoas e, o que seria apenas uma divertida foto para o grupo, acabou tomando conta as redes sociais. Outros registros foram feitos por quem passava por eles e, com a divulgação em massa, há quem passou a os chamar de Musos da Manifestação, Musos contra a Corrupção ou até mesmos de Musos AntiFeliciano.

Em conversa exclusiva [e em primeira mão] ao NLucon, os rapazes afirmam que única a intenção foi criticar, entre outros problemas do Brasil, o projeto “Cura Gay”, aprovado na última terça-feira [18] pela Comissão de Direitos Humanos e Minorias. De acordo com Tiago, é um absurdo ainda estar em tramite na Câmara a "ridícula proposta de curar quem não é doente". No caso, os gays.

“Fomos para a manifestação com o intuito de protestar contra todos os assuntos: PEC-37, Cura Gay, corrupção... Quando estávamos em frente ao Masp, tivemos a ideia de fazer um novo cartaz. Era apenas para uma única foto no celular. Falei para tirarmos as camisetas e levantarmos o cartaz! Nesse momento, muita gente chegou perto para fotografar também e gostaram da atitude. Daí continuamos o protesto dessa forma”, revela.   


Para o fotógrafo, não existe cura se não há doença. “Assim como mentes doentes com pensamentos errôneos também não tem cura”, defende.

Ao comentar a repercussão da manifestação, eles se dizem surpresos. “Jamais esperávamos tamanha repercussão, pois foi sem pretensão. Mas, se repercutiu, é porque o protesto foi muito válido! Fizemos por uma causa, saímos do Facebook e do conforto das nossas casas para protestar contra tantas coisas que estão erradas no país. Espero que depois de tudo o que nosso Brasil tem feito comece a surgir mudanças”, afirma.

Após o frisson, Tiago e Ed foram convidados por ninguém menos que Ronaldo Gutierrez - fotógrafo conhecido mundialmente pelas belas imagens - para um editorial engajado, inspirador e sexy. Segundo o fotógrafo, o convite surgiu após ver as espontâneas fotos dos bonitões na manifestação. "Fizemos um ensaio inspirado na manifestação e outro falando mais sobre os dois". 

Entre as novas mensagens, que já podem ser compartilhadas nas redes sociais, os engajados bonitões dizem: "Parece que precisamos de cura? Feliciano não me representa", "Meus amigos gays não precisam de cura! Precisam de respeito" e convidam para as demais manifestações.

Sendo assim, o que era ótimo ficou ainda melhor. E se tornou mais um bom motivo para ir aos manifestos, não é mesmo Feliciano? 

Engajados, eles dizem que as manifestações devem provocar mudanças
Perdeu? Achou? 

Leu, suspirou e quer falar mais sério? Saiba mais:

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.