Pop & Art

Escritor busca apoio para produzir documentário sobre relacionamento aberto


O escritor e bacharel em psicologia Fabrício Viana, autor do livro ‘O Armário’ e do documentário ‘10 Anos de Parada Gay’, está prestes a produzir o segundo documentário de sua carreira. Desta vez, sobre um tema polêmico: Relacionamento Aberto, sobre casais que se permitem, dentro de regras pré-estabelecidas, se envolverem com outras pessoas.  

Viana estuda o tema há anos e, além de vivenciar o tipo de relacionamento com o seu atual companheiro, pretende dar luz as novas teorias de amor, sexo, benefícios e dilemas. “Precisamos mostrar para a sociedade que existem outras formas de se relacionar que não seja apenas a aprendida, reproduzida e repassada sem questionamentos”, defende.

Em conversa com o NLucon, o escritor explica que o projeto é independente, foi orçado em R$25 mil e que conta com financiamento coletivo por meio de doações no site Catarse.Me. Ele precisa arrecadar R$8 mil até o dia 20 de agosto, com a finalidade de adquirir os equipamentos, senão o projeto não sai do papel.

Quem se interessar e quiser fazer parte da produção, pode doar qualquer valor. Pessoas que doarem acima de R$30, terão o nome dos créditos finais [a não ser que não queira]. As que doarem R$100, além dos créditos, receberão um DVD do documentário. Já empresas e Ongs que desejam ter a logomarca no início do filme e no site do documentário, devem investir R$2.500.

Apoia esta ideia? Bastar entrar link do documentário [aqui], clicar no botão ‘Apoiar este projeto’ e faz a doação online no valor que quiser. Caso o valor não seja atingido, o valor é devolvido e o documentário não será realizado. Mais informações, no vídeo abaixo:

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.