Pop & Art

Isabelita dos Patins vira personagem de livro infanto-juvenil


A drag Isabelita dos Patins acaba de se tornar inspiração e personagem central de um livro infanto–juvenil, “Isabelita, a menina dos patins” [Editora Litteris]. Escrita por Fábio Fabrício Fabretti, a obra conta com ilustrações de Luiz Pita e Dalva de Assis e apresenta a icônica figura com uma ótica pouco convencional, baseada também no trabalho filantrópico, em prol das crianças e jovens menos favorecidos em hospitais, creches e favelas. 

Assim como a vida de Isabelita, o livro fala de uma menina que nasceu na Argentina e anda e brilha de patins por diversos pontos do Rio de Janeiro, chamando a atenção de todos. Até o dia em que ela beija a bochecha de um ministro e vira celebridade. Isabelita, então, tem contato com o universo de crianças carentes e passa a propagar sua alegria ao público infantil. 


O autor – que já lançou, entre muitas obras, O Mistério dos Livros [Catedral das Letras] e 40 anos de Gloria [Geração Editoral] ao lado de Eduardo Nassife, sobre a história de Gloria Pires – diz que trabalhou dois anos no projeto, juntamente com ilustradores, parceiros e com a própria Isabelita. Por meio de uma linguagem simples e poética, o livro visa ressaltar a importância da artista no Brasil e não possui qualquer apologia ou restrição.


"Conheci a Isabelita na divulgação do meu primeiro livro infantil, que no lançamento contava com brincadeiras e personagens para crianças. Não sabia como uma drag seria recebida, mas me surpreendi. Aquela noite foi dela, todas as crianças só queriam saber da Isabelita. Ao mesmo tempo, ela me contou que havia sido proibida de ir para uma creche por traficantes, porque estava montada de drag. Foi neste momento que tive a ideia do livro", revela Fabricio com exclusividade ao NLucon. 



Fabricio e Isabelita dos Patins

As encantadoras ilustrações mostram a artista estilizada, com uma mistura de colagem moderna e traços vintages. O processo de construção foi inspirado na imagem da drag com Carmem Miranda e Evita Peron. Os cenários passam pelas paisagens naturais e históricas do Rio de Janeiro, tais como o calçadão de Copacaba, o Cristo Redentor, a Lapa, a Praça XV, o Teatro Municipal e outros pontos turísticos.

Ao fim do livro, algumas atividades interativas trazem questões pedagógicas, que se dividem em perguntas interpretativas para estimular a leitura e sugestão de criação ilustrativa.

"Estou muito feliz com esse livro, pois é o primeiro de uma drag para crianças. Noto que, para elas, sou uma boneca de biscuit [risos]. Elas ficam encantadas com o meu brilho, dizem que sou uma fada, uma bonequinha. Minha personagem agrada desde uma criança de um aninho a uma senhora de 100, portanto esse é um livro que me deixou honrada e muito alegre", afirma a drag ao NLucon.


MARÍLIA PERA: “FAÇO PARTE DA SUA LEGIÃO DE FÃS”

A atriz Marília Pêra, que ajudou financeiramente na recuperação de Isabelita em 2011, após sofrer um problema cardíaco , aparece na obra com uma frase: “Isabelita é uma criatura doce, querida, engraçada, solidária e brasileira. Faço parte da sua legião de fãs”.

.
Isabelita e Marilia Pêra

De fato, a artista não marcou somente o mundo LGBT, mas principalmente a cultura e a diversidade brasileira. A drag, que nasceu na Argentina e se naturalizou brasileira, tornou-se conhecida nos anos 80 com sua maquiagem de boneca, fantasia e cabelo de bailarina e desenvoltura em patins. 

A popularidade cresceu nos anos 90, quando encontrou e beijou o então futuro Presidente do Brasil Fernando Henrique Cardoso [daí o trecho do livro]. O momento foi registrado em jornais e revistas do país e foi inspiração para charges de cartunistas como Chico Caruso.

Isabelita participou de inúmeros programas de tevê, entre eles o de Liliana Rodriguez, na CNT, que também deixou uma mensagem na obra infantil. “Isabelita nos envolve em lindos rodopios sobre seus patins. Nos abana com seus leques de magia. É muito querida por minha família. Na TV, faz o público sorrir, sempre”.

O lançamento oficial de Isabelita - a menina dos patins está previsto para o dia 11 de agosto, na Livraria Saraiva do Shopping Tijuca, a partir das 17h. Ele também será exibido na Bienal do livro no Rio de Janeiro e em Juiz de Fora e São Paulo. Não dá para deixar de presentear as crianças!

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.