Pitacos

Sexualidade de filho de Ronaldo Fenômeno faz gays vomitarem homofobia internalizada


Foi só descer a timeline do Facebook nesta quarta-feira [17], que me deparei com comentários de conhecidos gays acerca da sexualidade de Ronald, o filho mais velho do ex-jogador Ronaldo Fenômeno. Tudo porque o garoto, que está com 13 anos, atualmente ostenta cabelos alisados, mechas loiras e foi visto ao lado de um amigo no aeroporto, que vai passar as férias junto com a família em Ibiza, na Espanha.

As fofocas davam conta que o visual era semelhante ao de Maria Gadú, que o tal amigo era muito “suspeito” e que logo ele estaria “confundindo” mulher com travesti assim como o pai.

Porém, mais que especular a vida sexual de Ronald [que sinceramente ficou muito mais moderno com o novo visu], me surpreendi com tal discurso tortuoso de LGBTs. Afinal, será que dá para considerar alguém qualquer coisa que seja somente pela aparência? Será que somos tão retrógrados ao ponto de achar que um hétero não pode ter um amigo mais próximo? Ou alisar o cabelo? Será que ainda achamos que as travestis enganam as pessoas?


E, o pior, será que ainda vemos a homossexualidade como uma ofensa ou uma maneira de desqualificar o outro?

Essa reprodução impensada é fruto da homofobia internalizada – sim, palavrinha tão utilizada e desgastada, a qual muitos de nós reproduzimos cotidianamente. Claro! O gay nasceu e foi criado em uma sociedade heteronormativa e machista, logo está carregado de pensamentos do tipo! Ele aparece quando desqualificamos alguém da roda por “ser muito gay”, quando rejeitamos LGBTs no Facebook, quando dissemos não gostar de ver um beijo gay em público, quando assumimos preferir ser héteros, quando gritamos “Feliciano, sua passiva” em uma manifestação. Ou quando chamamos um galã de gay para tirar a virilidade dele. 

Quanto aos que “apenas” tinham a intenção de tirar uma com a cara de Ronaldo, que em 2008 se envolveu em um barraco com a travesti Andreia Albertini, saiba que a história teve um fim trágico. Quantos aqueles que acham que as pessoas devem sair do armário, talvez devam respeitar o espaço e o tempo de cada um. Afinal, que diferença faz se Ronald é gay ou não? Já para quem procura uma solução mágica para não cometer tais deslizes, pense um pouco antes das piadinhas e reflita se não está tentando combater a homofobia na via da própria homofobia.

Para Ronald, um só desejo: se joga, boas férias!
.

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

33 comentários:

Ernane Alexandre disse...

Que resposta maravilhosa Neto Lucon vc pode dar neste belíssimo texto...fiquei perplexo com a atitude de alguns militantes e postagens feitas por pessoas influentes nas questões LGBT expuseram aqui no (face). Contemplo com as palavras da minha querida Majorie Marchi amiga e companheira de trabalho e que a cada dia me choco ao ver a violência "velada ou não" aos jovens LGBT. Acredito que aos 12 ou 13 anos ainda estamos sonhando com um mundo perfeito e melhor e no caso em tela este "jovem" foi vitimado cruelmente por parte da sociedade e da mídia, que aqui agiu de forma negativa. Como se "Gay" fosse sinônimo de algo ruim e que ainda não estamos preparados para dizer que vivemos em um pais LAICO e DEMOCRÁTICO, como todos dizem. Parabéns pela iniciativa!!!

Anônimo disse...

Temos que melhorar muito

Anônimo disse...

Triste ver gays gerando homofobia, pois a comparaçao se o garoto nao tiver cabeça boa ele se torna sim com todas as razoes um potencial homofobico.

Anônimo disse...

se é gy ou nao eu nao sei... mas que é uma delicia .... isso é. :p

Daiane Santana disse...

Maravilhoso texto e amei a parte "Quanto aqueles que acham que as pessoas devem sair do armário, talvez devam respeitar o espaço e o tempo de cada um." Parabéns mesmo pelo texto. Conheço váaaaaaaaaarias pessoas com homofobia internalizada e nem sabia que existia esta expressão, amei conhece-la, descobri que quando perceber uma situação destas, vou ignorar mais ainda... verei ser ignorância e a mais pura forma de homofobia "disfarçada"... Teremos mesmo que melhorar e muito, como disseram aí em cima!

Anônimo disse...

Gente acho um absurdo tirarem conclusão de uma foto pela aparência, o texto acima esta de parabéns temos sim que lutar pelo nosso direitos e não sairmos apontando quem é quem !! Ronald se joga na suas férias aproveita garotão ....

Mário Sérgio disse...

"Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é!!!"

Alguém - RJ disse...

Enquanto o ser humano não se preocupar em cuidar apenas de sua própria vida, teremos inúmeras formas de preconceitos. Lamentável colocarem a sexualidade de uma criança dessa forma, pois ele é apenas um adolescente querendo ser diferente como todos nós um dia já o fizemos.

Denis Moraes disse...

super texto adorei!!!!

Cassiano Brezolla disse...

O velho "machismo" já existente no mundo gay desde sempre e que até hoje não sei qual sua finalidade, a velha história de "xingar" outro homem de passivo sendo que, das duas umas: ou você depende de uma "passiva" para ter uma vida sexual ou então você também é. REALMENTE É UMA COISA QUE NÃO DÁ PARA ENTENDER DE VDD

Sharon disse...

É, não sei mesmo que m***a é essa de olhar para uma pessoa e inventar, achar um montão de coisas para desqualificar a pessoa, ainda mais gratuitamente. Pra mim, isso volta naqueles pensamentos de sempre, falta de estudo e 0 de auto-confiança... Asneiras, burrice, estupidez, gente incapaz de ter um pouco de inteligência mesmo. Aah, parabéns para o garoto, não sei o que ele é ou deixa de ser, mas está lindo assim com esse visual!!!

Anônimo disse...

Sei que a comunidade LGBTS, assim como qualquer outra, tem seus prós e contras. Estamos, simplesmente, vomitando DE VOLTA a homofobia sofrida desde sempre. Vamos aos fatos: Ronaldo tem um irmão assumidamente gay, tem a preferência de ser passivo com transexuais e seu primogênito já mostra a impossibilidade de fugir da natureza genética, do próprio DNA. Simples assim!

Anônimo disse...

Muito bom texto. Melina

Carlos Henrique Nascimento Amaro disse...

Uma coisa é fato: eles vão passar as férias em Ibiza. E esse monte de imbecis que ficam conversando merda por ai, vão passar as férias, no máximo, no Guarujá.

Claudio Faryas disse...

Só que não!

Anônimo disse...

O mundo gay só vai melhorar quando os gays pararem de ter preconceito com eles mesmo ou com um gay próximo a ele. -Otavio

Anônimo disse...

Parabénssss pelo textooo...

Denilson Moreira disse...

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK! O final do texto diz tudo: "se joga, colega"! kkkkkkkkkk

Anônimo disse...

Então a política é pagar na mesma moeda? Absurdo! Quanto aos fatos, ele não são, absolutamente, da conta de nibguém. Cada um tem o direito de ser o que é e aqueles que se acham no direito de julgar os outros, abre viés para ser julgado também. Basta a cada um os próprios problemas, por que querer atirar pedras gratuitas? O garoto é lindo, se gay ou não, realmente não importa a mim e muito menos a quem é gay. O peso do preconceito é desumano para com qualquer um. Parabéns, texto muito bom!

Anônimo disse...

Ótimo, agora já conseguiu seus minutinhos de fama...

Anônimo disse...

O que tem a ver ter dinheiro ou não com ser gay ou homofóbico, dá pra explicar? Tá cheio de milionário que xinga gay, isso prova o que? Além do mais, isso que você disse não é um "fato", é apenas a sua opinião que, por sinal, é tão preconceituosa quanto a dos que estão chamando o menino de gay com o intuito de desqualifica-lo.

Anônimo disse...

Não esqueçam , Ronaldo é o pai e se saiu com uma travesti ou não é uma opção sexual dele , não queiram difamar um adolescente de 13 anos sem haver motivo , se ele sentir atração por outro homem a ciência já provou que é perfeitamente normal , então a opção é dele , ze será feliz ao lado de um homem ou de uma mulher isso só caberá a ele decidir depois , e se , experimentar . Ronald seja feliz e boas férias , muitos queriam estar no seu lugar , aproveite a vida e gaste bastante o dinheiro do seu pai ..

Anônimo disse...

Ótimo texto!

Anônimo disse...

Concordo! acho que devemos tratar o homossexualismo com naturalidade. Mas que o Ronald é gay, é sim. Um amiguinho igual aos que eu tinha na adolescência! hahahha

Superando-se Sem Pretensão disse...

deixa quem quiser ser o que é não é da conta de ninguem, deixem crianças serem crianças, adolescentes serem adolescentes e adultos pensarem que são adultos, gente chata e enchirida, pare de tachar as pessoas, de rotular, a vida já é tão dificil pra se tomar conta e ainda querem tomar conta da vida dos outros. é como disse uma amiga: só porque sabem eu nome pensa que conhece minha vida. FALA SÉRIO!

Superando-se Sem Pretensão disse...

carlos henrique: eu moro no guaruja . preconceito não leva jeito!

Anônimo disse...

e verdade

Menta Pimenta disse...

Feliz é Ronald que está lindo e rico, viajando com o amigo numa boa, enquanto os assalariados e desempregados comentam e morrem de inveja.

Anônimo disse...

Kkkkkk

Anônimo disse...

Blogger Menta Pimenta disse...
Feliz é Ronald que está lindo e rico, viajando com o amigo numa boa, enquanto os assalariados e desempregados comentam e morrem de inveja.

lindo e ricooooo ? karalhouu oq o dinheiro nao faz, 2 qualidades derivadas do dinheiro dele..eh melhor ler isso do q ser cego kkkkk qq coisa viva q tenha dinheiro vira lindo pra essas mulheres de hj pqp

A Jardineira disse...

Gostei do texto. Bom pra abrir os olhos. :)

Anônimo disse...

Ola tenho 13 anos e queria conversar com algum menino da minha idade

Homem news disse...

Excelente...

Tecnologia do Blogger.