Pride

Top trans, Felipa Tavares tira a roupa para manifestar contra Marco Feliciano


Diante das manifestações que tomam conta de todo o Brasil, a modelo Felipa Tavares, a primeira top transexual da agência carioca 40 Graus, usou a arte, a criatividade e o corpo para reivindicar direitos e cobrar mudanças no cenário político brasileiro.

Ousada, a bela foi fotografada por Felipe Belhassof apenas com um lenço com estampa de caveira [e vinagre?] e os seios de fora. “Esse momento é importante para que tiremos políticos corruptos, que desviam verbas da saúde, educação e transporte público para o próprio benefício. Querem nos intimidar, mas estamos de olhos abertos e com os corpos expostos na rua”, defende.

De acordo com Felipa, a comunidade LGBT deve se reunir para cobrar a mudança de Marco Feliciano, pastor e deputado federal acusado de declarações racistas e homofóbicas, da presidência da Comissão de Direitos Humanos. “Ele personifica a incoerência das cadeiras. É um absurdo ele continuar e levar adiante projetos como a cura gay”.

Já sobre ficar desnuda para o ensaio, ela diz ter ficado muito tranquila. “Já fotografei para alguns editoriais sem a blusa, então encaro com muito profissionalismo. A ideia é chamar atenção para o corpo, para nossa existência trans e a mensagem de que estamos acordados. Chega de corrupção!”.

Gostou? Confira então todos os trabalhos de Felipa Tavares em sua página oficial no Facebook: http://www.facebook.com/topFelipaTavares?fref=ts


About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.