Pop & Art

Atriz trans, Patricia Araújo volta a brilhar na tela da Record neste mês


Depois de dar vida à Priscila na novela Salve Jorge, da TV Globo, a atriz Patricia Araújo estará no dia 28 de outubro de volta à tela da Rede Record. A trans será tema no quinto episódio da série policial A Lei e o Crime, sucesso de 2009, que está sendo reprisada desde o último dia 30 de setembro.

No episódio, Patricia interpreta a garota de programa Michela, que é abordada na orla pelo cantor Augusto Aguiar [Saulo Vasconcelos], logo após ele brigar com a noiva, Gisele [Natália Guimarães]. O cantor fica com Michela sem saber que ela é uma travesti e, no dia seguinte, a trans aparece morta.

Catarina [Francisca Queiroz] se surpreende ao encontrar o artista, que é seu amigo, na delegacia, mas ele garante que não matou Michela e que deixou o programa logo após descobrir que se trata de uma trans. Apesar de Augusto garantir inocência, alguns fatos são omitidos por ele durante o seu depoimento para não comprometer a carreira.


As cenas foram gravadas em um estúdio e na Praia do Recreio, no Rio de Janeiro. Além de Patricia, outras duas travestis Bioncé [Pamela Jackson] e Sheila [Joyce Lima] também participaram. 

Escrita por Marcílio Moraes e dirigida por Alexandre Avancini, a produção fala da vida de Nando [Ângelo Paes Leme], um ex-cabo do Exército que mata o sogro e se refugia na favela, onde assume o controle do tráfico de drogas e é perseguido pelo cunhado Romero [Caio Junqueira], um policial corrupto ligado às milícias.

Vale lembrar que quando a série foi rodada Patricia havia acabado de desfilar no Rio Fashion Week, ocupando o lugar que geralmente é de tops como Gisele Bündchen. Depois, ela posou para um ensaio de nu para a revista Gata da Hora e foi cotada para estar em um filme do norte-americano Michael Pacino ao lado de Carolina Ferraz. 
.
Após Fashion Rio 2009, Patricia Araújo deu vida a Michela

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.