Pop & Art

DJ Nano Santanna lança set 'Touch Me' e esbanja sensualidade em ensaio de Carlos Costa

Nano diz que toparia até nu, desde que houvesse um propósito

Os cliques do fotógrafo Carlos Costa provocam alegria, libido, euforia e, como sempre, promovem cores e imagens vibrantes. Em seu mais novo ensaio, o artista contempla duas belezas naturais do Rio de Janeiro: a do DJ carioca Nano Santanna, 30 - destaque do som tribal, house e progressivo – e, claro, as praias. Apesar de bem à vontade, esta é a estreia de Nano, que acaba de lançar o set “Touch Me” [que você pode ouvir clicando aqui], em um ensaio sensual.


De sunga e revelando detalhes do corpo, o DJ diz que o convite do fotógrafo ocorreu durante a festa Ice Cream, onde é residente no Rio. “Carlos convidou e eu topei na hora!”, revela o DJ com exclusividade ao NLucon. “A ideia das fotos é mostrar o meu lado mais sensual e, sinceramente, não sou um cara que pode se chamar de tímido [risos]. Se tiver que ficar nu, não tenho problema algum. Mas tem que ter um por quê”, salienta.

No dia dos cliques, o céu nublado quase estragou as fotos, mas a disposição do fotógrafo e a empolgação do DJ fizeram o sol magicamente surgir e ressaltar as cores e as maravilhas do corpo do gato e da paisagem carioca. “Nano tem um astral ótimo e não fica com frescuras, facilitando o trabalho e criando uma sinergia boa entre o modelo e fotógrafo”, diz Carlos.

Aprovando o ensaio, o DJ declara que a foto preferida é a que está correndo no mar e que, depois da divulgação, já começa a receber elogios nas redes sociais. “As fotos ficaram lindas, naturais e descontraídas. Carlos conseguiu mostrar bastante do que eu sou de verdade: brincalhão, divertido e feliz. A cada elogio que recebo fico todo bobo. Não me acho um cara bonito e receber elogios sempre faz bem, né?”.

E ainda por cima modesto...





About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.