Pop & Art

Modelo trans, Felipa Tavares participa do Miss T Brasil para realizar sonho da readequação sexual


A modelo Felipa Tavares, que foi entrevistada por Jô Soares em 2012, tem um novo desafio em sua carreira: disputar o título de transexual mais bonita do Brasil. Contratada da agência 40 Graus, a bela de 27 anos é uma das 31 candidatas do Miss T Brasil 2013, que ocorre nesta segunda-feira, 21, às 20h30, no Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro. Ela representa Minas Gerais, sua cidade natal. 

De acordo com Felipa, em entrevista exclusiva ao NLucon, a decisão de participar foi motivada por conta da fascinação pelos concursos de beleza, a vontade de continuar levantando a bandeira trans e sobretudo pelo sonho da cirurgia de readequação sexual, que será dada ao primeiro lugar. O concurso deste ano tem parceria com a Kamol Cosmetcs, uma das maiores clínicas que atende transexuais, na Tailândia.

“Sei que os concursos de beleza nada tem a ver com a minha carreira de modelo, pois é outro universo, com outras posturas e outros padrões. Mas sempre fui encantada pelo Miss e, quando soube que poderia fazer a redesignação sexual, não pensei duas vezes. Essa operação é o meu grande sonho, que infelizmente ainda não tenho previsão de fazer, pois a cirurgia é muito cara e eu não consegui entrar na fila do SUS”, conta.

E as preparações para o concurso estão a mil. Além de cuidar da aparência, a modelo escolheu a estilista Bruna Bee para confeccionar o seu vestido. “Sou fascinada pelo trabalho dela, que tem um atelier no centro do Rio de Janeiro e faz trabalhos importantes, como a comissão de frente da Unidos da Tijuca que trocava de roupa na avenida. Passei a tarde no atelier e adorei o tratamento dela e da mãe. O trabalho é incrível”.  


Jurada do concurso em 2012, Felipa diz que topou participar como candidata depois de conferir a seriedade do evento, que é comandado por Majorie Marchi. “É incrível como ela consegue fazer um evento tão lindo e que ganha visibilidade para as meninas trans na mídia nacional e internacional, mostrando um trabalho positivo. Neste ano, a estrutura está diferente e linda”, adianta.

Fortíssima candidata ao título, a top busca patrocínios para realizar esse sonho. Os interessados a fazer parte deste momento podem enviar um e-mail para felipatavares@live.com. "Espero mostrar o meu lado miss", finaliza.

Boa sorte e arrasa!

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

4 comentários:

MARCOS PAULO DE ANDRADE disse...

Tomara que ela ganhe, pois se alguma das outras que são prostitutas ganhar o concurso vai queimar o mesmo. Ela pelo menos sabemos que tem um trabalho digno.

Anônimo disse...

E por que as outras que são tidas como profissionais do sexo não podem vencer? Nem todas têm a oportunidade como teve a Felipa e nem todas também têm outras possibilidades de emprego, pois vivem à margem da sociedade. Que de fato vença a que atenda os critérios exigidos, seja ela modelo, cabeleireira, doméstica, prostituta, professora, etc e tal.

Anita Bela disse...

Não tem Beleza de Miss, além de não ter peito também !!

Anônimo disse...

Pois pra mim é a mais bela candidata e tem tudo para vencer. O fato de ter ou não peito, não quer dizer muita coisa. Felipa tem feminilidade intrínseca, postura, carisma, talento e DIGNIDADE!!! Se não vencer, o concurso será comprado.

Tecnologia do Blogger.