Pride

Site de empregos visa contribuir para a entrada de travestis e transexuais no mercado de trabalho


De olho no alto índice de desemprego de travestis e mulheres e homens transexuais, foi lançada há uma semana a página virtual Trans Empregos - Onde Gente Talentosa Se Encontra [www.transempregos.com.br]. Criada por meio da parceria da advogada Márcia Rocha, da programadora Daniela Andrade e de Paulo Bevilacqua – todos trans – a agência visa contribuir para a entrada da população no concorrido e desigual mercado de trabalho formal.

“Fui incumbida de fazer o site, a Márcia registrar o domínio e, agora, estamos atrás dos empregadores. O objetivo é uma possível solução para o grande problema de empregabilidade das pessoas trans, que geralmente estão desempregadas, na informalidade ou trabalhando como profissionais do sexo. Não pretendemos retirar as meninas da prostituição, mas sermos uma alternativa às que desejam trabalhar em outros setores”, defendeu Daniela.

De acordo com a programadora, qualquer travesti ou transexual pode acessar o site e se cadastrar. E qualquer empresário ou recrutador, que procuram solução dentro das empresas e estão comprometidos com a justiça social, também podem entrar e anunciar vagas. “Neste exato momento estamos fazendo a divulgação e tentando contatar empresários que se sensibilizem com a causa.  Vamos entrar em contato com federações de indústrias, associações comerciais e tentar apoio de pessoas da OAB de São Paulo”.

Até o momento, vários currículos de trans já foram cadastrados, mas há somente duas vagas. “Dizer que a pessoa trans não tem utilidade dentro de uma empresa não é solução, mas problema. Queremos sensibilizar o empresariado para que experimentem dar oportunidade, pois muitas são talentosas, algumas têm bastante estudo, mas a maioria  não consegue se colocar no mercado e, quando conseguem, geralmente são subempregos. Essas pessoas não serão contratadas porque são travestis ou transexuais, mas profissionais como qualquer outro.  É isso que deve ser levado em conta, a capacidade que elas têm de produzir”.


Daniela frisa que que o site é apartidário e que as pessoas envolvidas não pretende, transformá-lo em uma bandeira de partidos políticos. “Caso algum partido queira apoiar, melhor, mas vemos alguns programas de prefeituras que, de modo geral, são partidários e nó não queremos nada engessados a partidos específicos”.

LUTA TAMBÉM PESSOAL

Durante 15 anos, Daniela trabalhou na área de informática, como análise e desenvolvimento de sistemas, mas atualmente também está sem emprego. “A importância de ter um emprego é ter todos os benefícios consolidados pelas leis trabalhistas e muitas vezes ter de volta a sua dignidade. O desemprego não tem só entraves práticos - falta de dinheiro para se sustentar – como também de objetivos: perda da autoestima, do sentimento de ter dignidade e de ter utilidade dentro da sociedade”.

Portanto, se você concorda com essa ideia, espalhe essa informação, converse com a sua empresa e a faça anunciar no Trans Empregos. Essa pode ser a solução para a vida de muitas pessoas.

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

2 comentários:

Gabyzzinha disse...

Estou vendo mais auto-promoção do que resultados nesse site!

Ricardo Rocha Aguieiras disse...

toma vergonha, "Gabyzzinha"! SE não tem capacidade nenhuma de fazer algo construtivo e legal, nem inteligência, por favor, deixe quem tem e faz em paz! sua incapacidade é tão grande quanto sua inveja.
Geente que dá tiro no próprio pé, coitada....
Ricardo Aguieiras
aguieiras2002@yahoo.com.br

Tecnologia do Blogger.