Select Menu

ads2

Slider

Tecnologia do Blogger.

Performance

Travel

Cute

» » Funkeira de 'Um beijo pras travestis', MC Xuxú revela para qual famoso manda [ou não] um beijo


“Um beijo pra quem é DJ, um beijo pra quem é MC, um beijo pra quem é do bem, um beijo 'pras' travesti". "Um beijo", o novo hit da funkeira trans MC Xuxú, de 25 anos, promove um divertido pedido de paz a todos os grupos, bota todos para dançar e dá visibilidade ao meme - Um beijo 'pras' travesti [sim, sem concordância]- que caiu nas graças do público. 

O dançante trabalho chamou atenção dos internautas, ganhou versão remixada, tornou-se clipe profissionalíssimo e colocou a funkeira – que em 2009 concorreu o VMB com o webhit Pantera Cor de Rosa – novamente em evidência. Com quatro figurinos, seis bailarinos, duas travestis e uma coreografia fácil e divertida, o clipe da funkeira soma quase 300 mil visualizações.

Xuxú Vieirah ainda manda beijo para quem é de longe, é daqui, está solteira, é maloqueira, é fifi. E demonstra que, ao lado de seu bonde, conquistou o amadurecimento profissional e artístico. Além disso, conseguiu fixar o seu nome em um dos movimentos considerados machistas com respeito, alegria e letras de integração LGBT. Uma mostra disto está na letra "Desabafo", clique aqui e assista.

A pedido do NLucon, Xuxú topou participar de uma brincadeira e contar para quais personalidades ela daria um beijo - algumas a escolha da artista e outros por nossa seleção. Assista ao vídeo abaixo e confira as respostas:



Um beijo, um beijo, um beijo pra...

 Rogéria – 
a precursora ‘das travesti’ 


Um beijão pra essa rainha, que nos representou muito bem. Afinal, se hoje os caminhos estão se abrindo para nós é porque "gente da gente" já vem tentando isso há muitos e muitos anos. Dou um beijão na testa dela, pelo respeito que ela conquistou na mídia e na sociedade. 


 Mr. Catra – homem de ‘verdade’ 

Não, não mandou um beijo pra ele. Ele tem músicas que mata a gente de vergonha nos bailes e nas baladas. Sempre corro pro banheiro quando toca “os bonitinhos tão virando viadinhos”. Não sei qual foi a ideia da letra, mas não curto, isso é constrangedor. Tem outra que ele canta e diz: “Homem de verdade gosta mesmo é de b...”. Acho desnecessário e uma mentira ao mesmo tempo. Tudo bem que há homens que gostam mesmo de b..., mas e quem não gosta? É homem de mentira? 


 Justin Bieber –
 precisa comentar? 

Não mando um beijo pra ele. Acho que ele não está sabendo dar valor para aquilo que conquistou. Além de ter aprontado tudo aqui no Brasil como se fosse a terra sem lei, ele disse que não voltaria mais aqui e que os fãs brasileiros são os piores do mundo, mesmo sabendo que tem várias meninas loucas por ele. Isso não se fala. 


 Anitta –
a nova poderosa 

Mando um beijo no nariz! Me identifico com o que ela canta e, além disso, a considero determinada e guerreira. Vejo que ela veio de baixo, lutou com as armas que tem para chegar onde chegou. Penso que tem que ser assim mesmo: correr atrás com garra. Às vezes ela fala coisas sem pensar, que acaba a prejudicando muito. Mas sinto que o amor que ela sente pelos fãs é verdadeiro.


 Carmem Carrera – 
a trans que quer ser angel do Victoria’s Secret 

É claro que dou um beijão de boa sorte para ela. Desejo que ela consiga conquistar e ultrapassar os obstáculos que vão surgir pela frente. Fico feliz em ver que cada uma corre atrás daquilo que se identifica, mesmo sabendo que a homofobia e a transfobia podem estar no caminho para atrapalhar. Muito sucesso para todas as trans em suas carreiras.
 Chimbinha – 
 o marido da Joelma 

Acho que a fama tem um preço e esse preço se paga retribuindo o amor que recebemos dos fãs. Já li absurdos da banda, coisas que me fizeram parar de ouvir Calypso. Chimbinha pode não ter se manifestado a favor ou contra dos LGBTs, mas não acredito que eles pensem diferente e é claro que defende a Joelma para manter a fama. Ele não é bobo e não merece um beijo meu.


Walcyr Carrasco –
 o pai do Félix

Um beijo na boca dele por causa de “Amor à Vida”. É tão bom quando a gente assiste algo que se identifica. A adoção por homossexuais, por exemplo, é um tema que mexe comigo, pois sempre quis criar um bebê e poder chamá-lo de filho. Sem contar que fui criada por um padrasto que me faz saber tudo o que o Félix passa [risos]. Que a novela abra muitas portas para nós.


 Ariadna Arantes –
 a primeira do BBB

Um beijo para ela, que é um orgulho para todas as travestis e transexuais brasileiras. Ariadna é bonita, simpática, batalhadora e mostrou para todos nós que corre atrás da sua felicidade, independente do que os outros pensam. Merece tudo de bom e um grande beijo no rosto.
 Dilma Rousseff –
 a presidenta 

Não merece um beijo, pois foi uma verdadeira decepção. Quando ela foi eleita presidenta, pensei: “É isso aí, uma mulher no poder”. Mas depois vi que não foi nada daquilo que cogitei. O discurso dela sobre os LGBTs, por exemplo, não é firme, consistente e real. Quando ela disse que não faria propaganda de “opção sexual”, sobre o kit anti-homofobia, quase cai dura. Poderia estar fazendo muito mais do que vem fazendo.


 Wanessa – 
 a Camargo

Acompanho a Wanessa desde novinha e acho que ela nos representa muito bem. Para mim, as músicas dela são hinos gays – tanto da fase antiga quanto atual. Um beijo no nariz pelo carinho que ela tem com o nosso público.


 Jair Bolsonaro –
 deputado contra os LGBTs

É claro que não beijo [risos]. Ele não me representa e é uma vergonha para os políticos, para os brasileiros e para o meu país. Um homofóbico que precisa falar da vida alheia para ter fama. Sem mais.



 Caio Castro – 
 o galã ‘pegador’ do momento

Dou um beijo na orelha, como diz está na música “segredos de liquidificador”, que, segundo Cazuza, representa movimentos circulares feitos com a língua no ouvido. [risos]. Poderia mandar na testa, no nariz, mas pro Caio é na orelhinha mesmo. Não preciso falar mais nada, né? [risos].
 Aline Barros – 
 cantora gospel 

Amo o trabalho dela! Tanto que faço meus exercícios vocais com músicas evangélicas, apesar de não curtir todas. Além disso, sei que ela faz um belo trabalho com crianças e, como já disse, amo crianças. Merece um beijo no rosto. 


 Laerte –
 a trans pop 

Tenho muito respeito pelo Laerte e a acho um exemplo de ser humano. Laerte nos coloca para refletir sobre a importância de respeitar a forma de cada um viver como quiser e que nunca é tarde para ser feliz. Além de ser uma grande cartunista. Um beijo na testa!



 Projota –
 o cara 

Sou apaixonada pelo som dele. Amo rap e acho que ele canta a realidade da periferia. Mando um beijo pela dedicação que tem pelo trabalho. Ele não faz questão de mídia, apenas que o trabalho seja respeitado. Aliás, acho que a TV deveria dar mais valor a sons como o dele. 


Regina Casé – 
beijinho exxxquenta!

Ela é das minhas e, mostra em seu programa [o Esquenta, da Globo] que tem sangue do gueto. Me representa de verdade e torço um dia poder vê-la e dar esse beijo pessoalmente. Pelo respeito que sinto, dou um beijão na testa.


+ CONFIRA ENTREVISTA COM XUXÚ VIEIRAH: 

Nenhum comentário