Pride

Em campanha contra o preconceito, famosos mandam ‘beijinho no ombro e camisinha no bolso’

Valesca Popozuda manda beijinho no ombro, camisinha no bolso. (Crédito: Raphael Lima)

A Coordenadoria Especial da Diversidade Sexual [CEDS] e a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro investiu no popular refrão da música “Beijinho no Ombro”, de Valesca Popozuda, para atentar jovens e adolescentes [de 13 a 19 anos] para a campanha Rio Carnaval Sem Preconceitos. Nos vídeos “Beijinho no Ombro & Rala Preconceito”, publicados nessa quarta-feira, 26, a ação visa prevenir o HIV e outras DSTs, além de lançar a mensagem contra a discriminação.

Famosos como as cantoras Valesca Popozuda, Lorena Simpson, o promoter David Brazil e personalidades como Lucinha Araújo, mãe de Cazuza, e Bárbara Aires, a produtora transexual do programa Amor & Sexo, também fizeram parte da campanha, vestiram a camiseta “Beijinho no ombro, Camisinha no Bolso” e deixaram as suas mensagens contra o preconceito.

Bárbara, que também é militante trans, diz que foi uma surpresa receber o convite para participar da campanha e revela que os artistas tiveram a liberdade de escolher a palavra para mandar um beijinho no ombro - ela escolheu a desigualdade. De acordo com a produtora, o vídeo com artistas populares foi uma "ótima sacada". "Valesca está em alta, atinge os jovens e representa uma luta, aceitem ou não. Além dela, tem a Lorena, que também é um ícone dos gays e dos jovens. É uma ação válida e muito eficaz".

A campanha, que circulará em pontos de grande concentração do público LGBT, como a Farme de Amoedo, Ipanema, Mém de Sá e Lapa, ainda traz as mensagens: “Você não precisa ser negro para lutar contra o racismo. Ninguém precisa ser gay para lutar contra a homofobia” e “Contra a discriminação por orientação sexual, Lei Municipal número 2475/1996”. Vale ressaltar que todos os participantes do vídeo emprestaram as imagens de forma voluntária.

O Coordenador Especial da Diversidade Sexual, Carlos Tufvesson escreveu em seu Facebook que está emocionado por conseguir uma campanha como a atual. “Sou muito grato aos meus amigos por sempre acreditar na seriedade de nosso trabalho e estarem sempre lá voluntariamente nos ajudando a uma mensagem que colaborará para a vida de tantas pessoas. É isso aí moçada. A união faz a força”.

Assista aos vídeos abaixo:



About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.