Pop & Art

Campanha 'Mulheres Querem Respeito' conta com modelo cadeirante e drag queen; veja

"Três mulheres, três histórias e um único desejo: o respeito", diz o ensaio

A fotógrafa Kica de Castro, em parceria com a ong “Essas Mulheres”, acaba de lançar mais um importante ensaio contra o preconceito: “Mulheres Querem Respeito”, que conta com três figuras femininas que transgridem, surpreendem e superam obstáculos. No olhar sensível da artista, uma linda modelo cadeirante, uma drag queen e uma mulher que carrega no corpo símbolos da modernidade e do direito de escolha, como tatuagens e alargadores, vestem preto, cruzam os braços e cobram respeito.


De acordo com a fotógrafa, a ideia é que as imagens ajudem na inclusão, valorizem diversos tipos de beleza e que provoquem importantes reflexões sociais. “Precisamos acabar com a violência contra a mulher, garantir direitos e acima de tudo respeitar as escolhas de cada um. Uso a campanha também para fazer a inclusão na moda. Afinal uma profissional com deficiência não é vista todos os dias na moda, é vista aqui ou ali, mas ainda não é uma realidade”, disse.

Para o ensaio, que recebe o título “Três mulheres, três histórias e um desejo: o respeito”, Kica afirma que procurou modelos que inspirassem beleza e determinação. “A Paula Ferrari é fisioterapeuta, consultora de beleza, dançarina em cadeira de rodas, atriz e modelo. Já a Thuani Gogliano é uma mulher moderna, estuda, trabalha e gosta de tatuagens e alargadores”.

Sobre o fato de incluir uma drag queen – Audrey Top - numa campanha que fala sobre mulheres, Kika diz que o fato de alguém abandonar o papel do homem e vivenciar o universo feminino também o faz sofrer com a intolerância. “A drag também sofre preconceitos, o machismo, afinal tudo que não está naquilo que é tido como padrão passa por preconceito. E a gente quer desconstruir esses pensamentos. Por que não uma drag? Todos querem respeito em suas escolhas”, defendeu.

A campanha passou pelo crivo e aprovação imediata de Marcia Gori, presidente da Ong de São José do Rio Preto, interior de São Paulo, que luta pelos direitos da mulher. “Em uma segunda-feira, coloquei todo mundo dentro do carro, avisando apenas que seria uma nova campanha e todo mundo adorou. Separei uma produção básica para valorizar cada mulher em sua individualidade e acredito que consegui alcançar o objetivo, que é a valorização feminina em seus vários significados”. 
A make é de André Lima.

O resultado da imagem você confere abaixo: 




About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

1 comentários:

Paula Ferrari disse...

Um prazer enorme fazer parte dessa campanha linda e tão importante. Todo meu carinho e admiração por essa equipe maravilhosa e pela ONG Essas Mulheres, a quem faço parte e visto a camisa com muito orgulho!
Obrigada pelo espaço e força!

Tecnologia do Blogger.