Pride

Tom Daley aparece dando primeiro beijo público no namorado, Dustin Lance

Tom ajuda Dustin a superar a perda da mãe [foto: SplashNews]

Astro dos saltos ornamentais, Tom Daley surpreendeu positivamente os fãs nessa segunda-feira, 23, ao dar o primeiro beijo [singelo, uma bitoca] em público no namorado, o diretor Dustin Lance. O atleta, que assumiu o relacionamento em dezembro de 2013, foi a Los Angeles na sexta-feira, 20, só para confortar o amado.

+Tom Daley dá salto histórico ao comunicar namoro e incentivar atletas LGBT
+Neymar, Elano e Marta participam de campanha contra a homofobia

Lance acaba de receber a notícia de que sua mãe, Roseanna Bisch, faleceu e recebe o apoio de Daley para enfrentar a difícil  perda. No clique, eles estavam de bermuda e camiseta e acabaram de sair de uma academia. Ao avistarem o paparazzo da SplashNews, não se incomodaram em demonstrar o amor ao mundo.

Embora a comemoração soe desnecessária, já que o beijo gay deveria ter deixado de ser notícia há tempos, este é um dos poucos momentos em que um atleta gay se sente confortável para demonstrar a sua união. Antes dele, somente o jogador de futebol americano Michael Sam deu um beijo no namorado após passar para a liga oficial.

Vale lembrar que a mídia positiva sobre o namoro foi motivada pelo próprio Tom, que anunciou o namoro em um vídeo e evitou fofocas: “Conheci alguém e ele me fez sentir tão feliz e seguro que tudo ficou tão bom. Esse alguém é um garoto. Muitos queriam que eu ficasse quieto, mas eu não queria que minhas palavras fossem distorcidas e quis colocar um fim a todos os rumores”.

Relacionamento tranquilo, saudável, bonito, como deve ser... 

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.