Pop e Art

Mundo T-Girl promove concurso para escolher a mais bela travesti ou transexual




O grupo virtual Mundo T-Girl, que tem mais de 1.200 participantes no Faceboook e que existe desde o finado Orkut, promove atualmente o segundo concurso de Miss para eleger a mais bela travesti ou mulher transexual da rede social.

Realizado pelas moderadoras Kimberly Luciana DiasKamilla Alves, Sttefany Farias, Danielly Saturno e Lara Tous, ideia é movimentar a página, promover interatividade entre as belas da página e ressaltar a beleza de quem é travesti ou mulher transexual.

Serão ao todo 11 candidatas dos mais variados perfis de beleza que concorrerão a disputa em duas etapas.

Na primeira, a competição de beleza consiste em avaliar o carisma e a beleza por meio da aprovação dos internautas, que devem curtir as fotos de suas preferidas (clique aqui). As cinco mais curtidas irão automaticamente para o TOP 5.

Depois, cinco juradas – dentre elas, a ativista e Rainha Trans de Niterói Bruna Marx, a eterna vice-Miss International Queen Aleika Barros, a cabeleireira e maquiadora Silvia Portinari, e a organizadora do Miss T Brasil Majorie Marchi - irão escolher a vencedora.

A vencedora será escolhida no dia 29 de janeiro - Dia Nacional da Visibilidade Trans. Quem vencer, vai ganhar o título de Miss Mundo T-Girl, uma coroa e uma faixa.

Veja as candidatas (clique na foto para ver em maior tamanho):


Ana Beatriz (São João Del Rei), Bruna Angel (Recife) e Camila Damian (SP)


Jaqueline Cardoso (SP), Karina Victorini (SP) e Lissah Wanghy (RJ)


Paula Darling (Itália), Rayka Vieira (Goiás) e Rhiana (Itália)

Veronika Ravena (Itália) e Thayná Smooke (Manaus)

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

2 comentários:

Marcella Laport disse...

O grande momento se aproxima, é incrível como essas meninas conquistou todo o publico votante de uma maneira tão apaixonante. Eu que torci desesperadamente por algumas no Miss T, venho aqui para resumir o que penso todas deveriam ser coroadas sem rivalidades, Boa sorte Meninas.


Drielly Lorrans disse...

Rayka Vieira é a mais bela

Tecnologia do Blogger.