Pride

Travesti entra para a história ao ser eleita presidente da Câmara Municipal na Paraíba

A vereadora Mãe Shirley acaba de fazer história. Ela é a primeira travesti a ser eleita presidente da Câmara dos Vereadores na cidade de Pilar, na Paraíba, e pode ser a primeira trans a ocupar o cargo no Brasil.

A eleição ocorreu no dia 1º de janeiro e o nome de Mãe Shirley, de 39 anos, foi escolhida por seis votos a favor, uma abstenção e dois contra. "Houve um consenso entre os partidos e o meu nome foi colocado como favorito", declarou ela ao Portal Correio.

A vereadora é conhecida pela história de superação e solidariedade na cidade. Shirley trabalha desde a adolescência, é enfermeira por formação e contribuiu para o bom atendimento no único hospital da cidade. Tanto que o slogan de sua campanha foi "Saúde em Primeiro Lugar".

"Vou fazer uma gestão democrática. Vamos fazer nosso papel de fiscalizar o dinheiro público e lutar projetos que beneficiem a população. O combate a homofobia e a inclusão do ensino religioso nas escolas municipais serão alguns dos nossos projetos futuros", declarou ela.

Preconceito? Ela diz: "Todo mundo me conhece aqui em Pilar. Crianças, adultos e idosos quando passo acenam e falam: 'Oi, mãe Shirley'".

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.