Pop e Art

Ícone de beleza trans, Patricia Araújo está nos cinemas em “O Vendedor de Passados”





.
Finalmente chegou às telonas o filme “O Vendedor de Passados”, do diretor
Lulla Buarque de Holanda, e que fala sobre Vicente (Lázaro Ramos), um homem que trabalha reescrevendo a história de pessoas que não se dão bem com o passado. 

+ Patricia Araújo é jurada em concurso de mister no Rio
+ Interpretando traficada, Patricia Araújo comenta novela Salve Jorge
+ "Quero ser a Deborah Secco travesti", diz Patricia Araújo


Além de ter no elenco principal Alinne Moraes e Odilon Wagner, o filme conta com a rápida participação especial de Patricia Araújo – que esteve nas novelas Salve Jorge, da TV Globo, e Luz do Sol, da Record. Com vários títulos de beleza, ela também é considerada uma das travestis mais lindas do Brasil.

Na cena, Patricia encarna uma mulher transexual que, após passar pela redesignação sexual (popularmente conhecida como mudança de sexo), quer apagar as passagens traumáticas da sua vida. Ela quer mudar a história e acrescentar detalhes, como um casamento dentro da igreja e um título de garota verão.

O momento ocorre quando Vicente explica para Clara (Alinne) – uma nova cliente – como é feito o processo: a criação de documentos, fotos e outros indícios necessários para reescrever a história. Embora ele diga posteriormente que o vídeo com ela é falso, verdades e mentiras são relativas durante todo o longa.

A história central ocorre com Clara, que pede para Vicente criar um passado em que ela é uma criminosa. E paralelo ao serviço, ele acaba se envolvendo com a cliente e percebendo que ela pode oferecer até mesmo perigos.

E você, gostaria de mudar o seu passado?



About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.