Pop e Art

+ amor! Revista gay atende pedidos e muda capa sensacionalista com Thammy Miranda



.

Sim, é só um peito! Após uma chuva de críticas de leitores trans, a segunda edição da revista gay Mais Jr. resolveu mudar a polêmica capa com o ator Thammy Miranda, que revelou ser no último ano homem trans. Agora, ele aparece sem camisa, de braços cruzados na capa e já teve as páginas internas divulgadas sem tabus.

+ Thammy revela pela primeira vez ao NLucon: "Sou homem trans"

A
nteriormente, a capa divulgada pelas redes sociais mostrava Thammy com uma tarja preta cobrindo o peitoral, com a chamada "Inédito", se rendendo à polêmica e ao sensacionalismo que a mídia tradicional faz há um ano em torno de sua mamoplastia redutora – entenda o bafo aqui.

Após a mudança da imagem, a chamada continua a mesma: “Quem disse que precisa ter peito para chegar lá?”. E mostra Thammy cada vez mais batendo na tecla pelo respeito por sua identidade de gênero. “( O meu pedido para o próximo ano é) que as pessoas entendam o que é a transexualidade e parem de me tratar no feminino. No masculino, please!”.


Nas fotos, Thammy aparece bem mais confortável com o próprio corpo e sensualiza para os leitores. “Não aguentava mais conviver com elas (mamas). Morria de vergonha de ir para a praia, hoje em dia não mais”, declarou. Mas dentre as fotos preferidas está a dele vestido com traje formal em frente de uma bicicleta.





.
Na entrevista, Thammy contou que a família apoiou quando soube de sua transexualidade – situação bem diferente de quando ele havia revelado, anteriormente, gostar de mulheres.

“Todos me apoiaram em todos os sentidos, mesmo quando decidi fazer a cirurgia”, contou, revelando ainda o apoio da mãe Gretchen sobre a sua identidade. 
A revista pode ser lida na íntegra clicando aqui.

Parabéns à Mais Jr, que se atentou às críticas e melhorou - e muito! - a capa. E ao Thammy, que finalmente deu fim à polêmica em cima de uma parte de seu corpo. A gente adora peitorais - sobretudo os peludinhos - mas não precisamos de sensacionalismo, né?  




About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.