Pop e Art

Laura Finocchiaro e doc. sobre Cassandra Rios levam "girl power" à Livraria do Recife





Por Neto Lucon


Com 30 anos de carreira, a cantora Laura Finocchiaro vai apresentar nesta sexta-feira (6) um pocket show com músicas do último CD – Copy Paste, Música Orgânica - na Livraria Cultura do Recife, Rio Mar. A apresentação será realizada logo após a exibição do documentário Cassandra Rios –A Safo de Perdizes – às 18h.

+Laura Finocchiaro fala sobre Cazuza, amor livre e machismo; leia


Dirigido por Hanna Korich, o filme conta a história da escritora brasileira que foi perseguida pela ditadura militar por suas obras pra lá de ousadas e que refletia o amor e o erotismo entre mulheres. Cassandra é uma das primeiras autoras de temática lésbica do Brasil, tendo 36 obras censuradas e usado o pseudônimo Odete Rios.

Laura, que também tem trajetória ousada, inspiradora e que foi uma das primeiras artistas a se revelarem bissexuais no país, é a responsável pela linda roupagem musical que envolve o documentário. Com sua guitarra pink, é puro girl power! 

No show, ela vai cantar clássicos da MBP, composições inéditas do filme sobre Cassandra e os hits do último CD, que é inspirado no nordeste. O disco foi bem avaliado pela revista Rolling Stones.

Para o público ficar bastante animado, o pocket show contará com bases eletrônicas, guitarra, violão e cavaquinho, além da participação especial do músico Gonzaga Leal. Quer ficar mais animado ainda? A entrada é gratuita!

Assista algumas performances de Laura: 






About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.