Pride

Vereador cria PL para incentivar empresas a contratarem travestis e transexuais



.
Vereador de Salvador pelo PSOL, Hilton Coelho lançou  o projeto de lei 395/2015 que visa incentivar a entrada de profissionais travestis, mulheres transexuais, homens trans e outras transgeneridades no mercado formal de trabalho. Para isso, ele quer instituir uma política de incentivo fiscal para as empresas que incluírem tais profissionais.

+ "Projetos fundamentalistas não passam, mas deixam sequelas"


De acordo com a PL, a empresa teria um desconto no Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISS). Ou seja, caso a empresa tiver 5% dos funcionários trans terá um desconto de 20%.

Hilton declara que a lei é uma maneira de combater o preconceito frente ao estigma que o grupo sofre. De acordo com a ANTRA (Associação Nacional de Travestis e Transexuais) mais de 90% das travestis e mulheres transexuais estão fora do mercado formal e inseridas na prostituição.

Muitas vezes não por uma escolha – o que seria legítimo - mas por estigma e falta de oportunidade em outras áreas.


“Apesar de muitos esforços de conscientização e informação de militantes e ativistas trans, algumas empresas já estão tomando a iniciativa de buscar a contratação de profissionais travestis ou transexuais”, declarou.

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.