Pop e Art

Grife anuncia primeiro modelo plus size de moda masculina, mas...



.
A grife Target resolveu inovar ao trazer o primeiro modelo plus size da moda masculina. Trata-se do norte-americano Zach Miko, de 26 anos, que vem chamar atenção para os homens que estão longe do padrão forte e magro estabelecido pela mídia.

+ 10 homens trans que são lindos e que nos fazem babar


Zach é ator, músico, já atuou no filme O Lobo de Wall Street e diz que nem sempre encontra roupas que lhe caiam bem.“Você se sente mal-estar ao caminhar pelas lojas da moda e ver que nada te serve”, declarou ele ao jornal Huffigton Post.

Nas fotos, ele mostrou talento para modelar. 
Mas o que muita gente reparou é que, apesar de o modelo ser lindo e de a iniciativa merecer aplausos, o perfil do “primeiro modelo plus size” não é uma inovação tão grande e nem representa tantos homens gordinhos assim. 

Zach segue o padrão divulgado pelo mercado, branco, loiro, de olhos azuis e jovem. Ele até ostenta medidas maiores (1,98m e manequim 50), mas nenhum contorno nas roupas é visto nas fotos de divulgação: a barriga, por exemplo, é reta e há até uma cinturinha!

Segundo alguns comentários na rede, o perfil mais se assemelha aos jogadores de rugby, com perfis fetichizados e valorizados sobretudo pela comunidade gay. E, neste caso, atletas mais cheinhos como Ben Cohen já posaram e preencheram esta lacuna. Ou seja, nada de tão inédito assim.





Ben (à direita) em ensaio de cueca, tão plus size quanto Zach

.

O lado positivo é que, com a entrada de Zach para a grife, abriu-se a oportunidade para que outros modelos plus size sejam convidados e que haja outras representatividades além do loirão.  

Aí, sim, promovendo uma moda que contempla corpos diversos. “O mais importante para um homem é a confiança”, declarou ele na entrevista. E representatividade ajuda bastante neste processo, né?

Parabéns, gatão!

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.