Pop e Art

Cantora trans Anohni é indicada ao Oscar, mas decide boicotar a academia



.
Pela primeira vez, a cerimônia do Oscar – que ocorre neste domingo (26) - conta com uma cantora transgênero entre os indicados de melhor canção original: Anohni. Ela compôs em parceira com J. Ralph a faixa “Manta Ray”, do documentário “A Corrida Contra a Extinção”, mas nem tudo são flores.

Apesar de estar surpresa com a indicação, Anohni amargou ter visto o seu nome cortado da lista de apresentações ao vivo da cerimônia. Ao contrário dos eventos anteriores, os produtores decidiram incluir apenas três das cinco músicas indicadas ao Oscar. E a dela estava de fora.

Vão estar no Oscar apenas as faixas Til it Happens To you (The Hunting Ground), Writing’s On The Wall (007 Contra Spectre) e Earned It (Cinquenta Tons de Cinza) que são cantadas na voz de Lady Gaga, Sam Smith e The Weekend. Além de Dave Grohl, que vai se apresentar sem ter sido indicado em nenhuma categoria.

Sendo assim, Anohni decidiu boicotar o Oscar e escrever uma carta pública. De acordo com ela, os executivos escolheram “apenas performances de cantores que são comercialmente viáveis” e que se sentiu humilhada por ser apontada pela mídia apenas como “uma das artistas que foi cortada da academia”. “Estão me dizendo que eu deveria ir à cerimônia, pois passar pelo tapete vermelho ajudaria a minha carreira. Até tentei entrar em um avião para Los Angeles, mas os sentimentos de vergonha e raiva me impediram”.

Ela alega que o fato de ser trans e o tema da música, que fala sobre ecocídio, podem sim ter motivado a exclusão. “Da mesma maneira que o aquecimento global não é um evento isolado, uma série de eventos foi criada para mim ao longo dos anos para me prejudicar. É um sistema de opressão social e poucas oportunidades para pessoas transgêneros que foi imposto pelo capitalismo nos Estados Unidos para esmagar nossos sonhos e nosso espírito coletivo”.




Ela aproveitou para fazer outras críticas à cerimônia e ao sistema de premiação: “Eu não estarei embalada junto com algumas baladas bem intencionadas manufaturadas e um pouco de peito e bundas. Não se esqueçam que muitas dessas celebridades são troféus de corporações bilionárias cuja única intenção é te manipular para conseguir seu consentimento para que você lhes dê até o último centavo. Eles são pagos para sapatear enquanto Roma está em chamas”.


Para quem não conhece, Anohni teve a carreira consolidada na banda britânica Antony and the Johnsons, onde lançou quatro álbuns. Já recebeu prêmio do Mercury Music Prize pelo álbum I Am a Bird Now (2005) e também teve músicas em filmes como “Jogos Vorazes – em Chamas”, “Não Estou Lá” e “V de Vingança”.

Vale ressaltar que a compositora trans Angela Morley foi indicada ao Oscar duas vezes, mas sua contribuição estava como compositora.

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.