Pop e Art

Eleita top do ano, Andreja Pejic faz primeira capa desde que revelou ser transexual

A modelo sérvia Andreja Pejic, de 24 anos, estampa a primeira capa de revista feminina desde que se revelou ao mundo ser uma mulher transexual em 2014. Trata-se da edição de março da espanhola Marie Claire.

+ Agência dos EUA aposta em casting apenas com modelos trans


Mais que isso. Andreja sai na publicação como a “Modelo do Ano”, referente aos trabalhos para a marca de cosméticos Make Up For Ever, o desfile na London Fashion Week e ao ‘girl squad’ de Taylor Swift.

Feliz da vida com o título, ela declarou: “Receber o prêmio da Marie Claire Espanha, cujas vencedoras passadas incluem algumas das minhas modelos favoritas como a Saskia, a Anja Rubik, a Arizona Muse, a Gemma Ward e a Linda Evangelista, faz me sentir pra lá de feliz”.

Para a revista People, a modelo declarou que a sua representatividade pode estimular e melhorar a autoestima de outras pessoas trans. “Dá a esperança de dizer para outras mulheres como eu que podem ser tão boas quanto outras”.




.
Vale lembrar que ela tornou-se mundialmente conhecida como um modelo andrógino em 2011. Em 2014, revelou ser uma mulher transexual. 

“A androginia foi uma forma de expressar a minha feminilidade sem precisar me explicar demais para as pessoas. Dei esse passo agora porque estou um pouco mais velha e acredito que minha história pode ajudar as pessoas”.

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.