Pop e Art

Homem trans Stephen Ira dá dica importante para pais que NÃO querem ter filhos trans



.
Stephen Ira é um jovem trans de 24 anos que se tornou mundialmente conhecido por ser filho dos atores hollywoodianos Warren Beatty e Annette Bening. Ele está sempre envolvido em projetos pró-trans e, no último ano, fez um importante desabafo para os pais que não sabem lidar com filhos trans.

+ Ex-gestora faz duras críticas à militância trans: "Autodestrutiva"


“Se vocês não conseguem lidar com um filho trans, não tenham filhos”, afirmou nas redes sociais.

Ele salienta que ser trans é, sim, uma das possibilidades naturais, independente do que os pais querem ou esperam da criança, logo todos deveriam pensar e se preparar para receber e acolher essas pessoas, que já são marginalizadas pela sociedade. Caso contrário, estariam sendo tudo, menos bons pais. 


A "dica" ocorreu logo depois que soube do suicídio da transexual Leelah Alcorn, de 17 anos, que relatou em um comunicado na internet querer que a sua morte “não seja em vão" e que os pais de filhos trans não rejeitem a transgeneridade de suas vidas.

Stephen não costuma falar sobre ter recebido apoio ou rejeição dos pais, mas soltou que chegou a passar por terapias em que o preconceito falava alto e alertou: "Se seu terapeuta tenta te convencer a não fazer a transição (de gênero), isso é terapia de conversão. Eu sobrevivi a terapias de conversão e homofobia".

Ele começou a transição aos 14 anos, tem atualmente um "namorado lindo" e se diz muito feliz podendo externalizar quem realmente é. "Vocês também podem ser amados e adorados", declarou aos seguidores. 

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.