Pride

Morre aos 42 anos Majorie Marchi, militante trans e descobridora de misses



Por Neto Lucon (Foto: Roberta Brandão)

Morreu aos 42 anos a militante trans Majorie Marchi, no Rio de Janeiro. Ela, que era descobridora das mais belas misses nos últimos anos, enfrentava problemas de saúde, reclamava de dores no estômago e sofreu um infarto, segundo familiares, nessa segunda-feira (15).

+ Majorie lança campanha contra a transfobia no mundo


Amigos, militantes e familiares prestaram homenagens nas redes sociais. E mostraram a importância de Majorie na luta pelos direitos de travestis, mulheres transexuais e homens trans, como uma das fundadoras da Astra-Rio, do projeto Damas, Rio Sem Homofobia, como Coordenadora do Centro de Cidadania LGBT e na Secretaria de Assistência social de Direitos Humanos.

Majorie também era a organizadora do tradicional concurso Miss T Brasil e elevou o país aos concursos internacionais. Colocou, por exemplo, três misses brasileiras no pódio do tradicional concurso Miss International Queen, na Tailândia. Dizia que, com beleza e exemplo positivos, conseguiria transformar o cenário de transfobia.

“Este é o Miss T Brasil, um projeto para visibilidade positiva, elevação da auto estima coletiva, reflexão e empoderamento das travestis e mulheres transexuais, capaz de transformar meninas simples e desacreditadas em referências internacionais”, disse ao divulgar as candidatas de 2015 ao NLUCON.

Majorie escreveu colunas, participou de campanhas e também organizou outras. Em uma, disse que “Respeitar é... Reconhecer que as pessoas são diferentes e ao mesmo tempo são iguais em direitos. Sou cidadã e mereço respeito”. Na última campanha internacional, falou sobre a violência transfóbica do mundo e reuniu um time que tinha Lea T, Ariadna Arantes, Marcela Ohio.

O velório ocorre nesta quarta-feira às 15h, e o enterro será às 16h, no Cemitério São Francisco Xavier, bairro do Caju, ao lado da Rodoviária do Rio de Janeiro.


MISSES PRESTAM HOMENAGEM

Marcela Ohio, a Miss T Brasil 2012 e Miss International Queen 2013, lamentou a perda: “Não consigo me definir direito neste momento, depois de saber que perdi essa pessoa tão querida. Com ela só aprendi e cresci, se estou onde estou hoje é história nossa juntas. Como uma mãe para mim, alguém tão especial. Porque assim de surpresa? Uma pessoa tão forte! Eu não consigo acreditar!!!! Meu Deus ‪#‎luto”.

A atual Miss T Brasil, Náthalie de Oliveira declarou sentir saudades da amiga: "Meu Deus... parece mentira... nossa querida Majorie Marchi se foi. Sinto uma vazio enorme no meu peito e já uma saudade enorme. Tenho certeza que Deus montou uma castelo pra você no céu pois eh isso que uma rainha merece. Sentiremos saudades".
.
Gisela Andrade, a vice do concurso de 2013, falou sobre os bons momentos em que tiveram juntas. “Minha amiga Majorie. Só saudades, vc nos permitiu sonhar! Vá brilhar e levar toda sua alegria ao céu. Você foi muito importante na minha vida, de todas nós. Você entrou na minha vida num momento muito especial, tenho na minha memória os melhores dia ao seu lado. Fui muito feliz com você. Desde o primeiro dia que a vi. (...) Você faz parte da minha vida, minha história e um dos meu melhores dias foram com vc. Te amo”.

Rafaela Manfrini, que concorreu ao Miss T International, lamentou: “Nossa estou tão triste! Tão abalada, nem sei o que dizer, fui pega de surpresa! Amiga eu te amava tanto, amava estar com você, rir das suas piadas, ser aconselhada, te aconselhar, você tinha razão éramos uma família, sem inveja, e com muita união! O seu legado ficara para sempre no meu coração, e em nossas mentes!!!!! Tudo o que você me ensinou, tudo o que você me fez acreditar! Só coisas boas, você me deu auto estima que não tinha.... Eu te amo muito. Que Deus te tenha em um bom lugar”.

A Miss T Brasil 2014 Valesca Dominik, que ficou em segundo no Miss International Queen 2015, também prestou a sua homenagem e diz não acreditar na morte: “Você me fez olhar o mundo de frente, de cabeça erguida, fez o mundo me aplaudir de pé. E do nada recebo a notícia que você se foi, meu amor. Minha pretinha, você sempre estará comigo e eu sempre estarei com você. O amor que sinto por você nunca morrerá. Obrigada por fazer parte da minha vida”, escreveu.

O blog Mundo T-Girl traz várias fotos da carreira de Majorie - clique aqui. Em breve, o NLUCON vai publicar uma entrevista exclusiva com ela. 

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

1 comentários:

AbiBebi abibebidj disse...

Modela..es mujer..no modelo!!

Tecnologia do Blogger.