Pop e Art

Saiba quem são as 6 trans que entraram na lista dos LGBT mais poderosos do mundo



.
Pela primeira vez, a revista internacional Out traz várias personalidades trans em sua tradicional lista com os LGBT mais poderosos do mundo. E a socialite e ex-atleta olímpica Caitlyn Jenner, que revelou ser mulher transexual no último ano, está na 8ª colocação.

+ Militante de 19 anos desabafa sobre "conteúdo perigoso" em páginas de homens trans


Desde que se revelou trans – em grande estilo, na capa da revista Vanity Fair – Caitlyn ganhou as manchetes de todo o mundo. Teve o seu próprio reality show, “I am Cait” e, apesar de algumas derrapadas, como ser contra o casamento gay, vem engrossando o coro de visibilidade trans.


Na 22ª posição, estão as diretoras Lana e Lili Wachowski, conhecidas por clássicos como Matrix e a série do NetFlix, Sense 8. Vale lembrar que Lili revelou ser trans neste ano. 

A atriz Laverne Cox, que anteriormente foi apontada pela lista da Out como uma das apostas para o próximo ano, finalmente mostrou que seu nome tem poder. Ela, que é destaque na série Orange is the New Black, do Netflix, ficou na 30ª colocação. Em suas entrevistas, Laverne sempre chama atenção para a transfobia e o racismo. 




.
Na 52ª posição ficou Martine Rothblatt, advogada, empresária farmacêutica e teórica da filosofia queer. Ela também é a CEO mais bem paga da américa. A sua organização, a Terasem Movement Foundation estuda como alcançar a imortalidade por meio da inteligência artificial e a criogenética.




.
Logo atrás dela está Jennifer Pritzker, a CEO da Tawani Entreprises, empresa de material militar. A fortuna dela é calculada em 1,7 bilhões de dólares. Até então era a única trans a aparecer nas listas anteriores da Out. 




.
Entre os LGB cis conhecidos estão Tim Cook (1º lugar), Ellen DeGeneres (2º), Anderson Cooper (4º), Sia (9º), Neil Patrick Harris (17º), Ellen Page (18º), Jussie Smollett (28º), Jane Lynch (34º), Ru Paul (39º), Matt Bomer (46º), Dustin Lance Black (56º), entre outros. 

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.