Pride

Após Barack Obama defender direitos trans, republicanos pedem impeachment



.
Um grupo de legisladores republicanos de Okahoma, Estado americano, pediu, por meio de uma resolução ao Congresso na quinta-feira (19), que Barack Obama seja alvo de impeachment. Tudo porque o presidente dos EUA, que deixa o mandato em 20 de janeiro de 2017, apoia que pessoas trans vão ao banheiro de acordo com a identidade de gênero.

+ "Nome social é direito" vira campanha na rede contra transfobia e retrocesso político


A administração de Barack Obama emitiu na última semana uma recomendação em que diz: "A escola não pode exigir que os estudantes trans utilizem banheiros que não estão conformes com a sua identidade de gênero ou obrigar que eles usem banheiros diferentes quando outros estudantes não são obrigados".

Diante a carta, os legisladores do Estado convidaram membros do estado da Câmara para apresentar artigos de impeachment contra Obama. 
Na sexta-feira (20), eles introduziram uma medida para que alunos usem convicções religiosas para que tenham os seus banheiros separados para segrega-los de estudantes transexuais. A comissão estadual aprovou a medida, e o projeto agora vai ao Senado.

O representante republicano do estado, John Bennet declarou que a política da Casa Branca sobre o uso de banheiro para transexuais é “Biblicamente errado” e uma violação da soberania do estado. Sobre o impeachment, ele diz que “Barack Obama extrapolou sua autoridade constitucional”.

Troy Stevenson, diretor-executivo do grupo de Defesa da Liberdade dos Jovens Transgêneros, declarou que a medida – e o pedido de impeachment são absurdos. “Em um momento em que o nosso estado está enfrentando uma crise econômica sem precedentes, nosso legisladores deveriam estar focados em corrigir o navio ao invés de estarem preocupados em estigmatizar jovens trans”.

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.