Pop e Art

“Falsos profetas estão aí”, alfineta Viviany Beleboni ao aparecer de Justiça com a Bíblia



.
A modelo e atriz Viviany Beleboni foi uma das grandes atrações da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo no domingo (29), que reuniu mais de 2 milhões de pessoas. E, como prometeu, o seu figurino voltou a protestar contra o fundamentalismo religioso e a tentativa de retrocesso nos direitos LGBT.

+ Viviany Beleboni anuncia que NÃO vai mais participar de Sense8


Viviany, que no último ano causou polêmica ao surgir crucificada, neste apareceu vestida de Justiça amordaçada com uma Bíblia nas mãos e tampando o rosto. Detalhe: o recheio da Bíblia está repleto de notas de dinheiro.

“Vim representando a Justiça e a nossa vontade de que seja aprovada a Lei de Identidade de Gênero. Também estou aqui para mostrar que o fundamentalismo religioso e a bancada evangélica vem tapando os olhos da Justiça e impedindo que a gente avance em nossos direitos. O meu protesto desse ano fala sobre eles quererem ser a própria Justiça”, declarou a artista.

Ela esteve no trio da militância, que teve fixada a faixa "Fora Temer", contra o atual presidente do Brasil, Michel Temer. 

.


.
Dentre as tentativas de retrocesso está o projeto de decreto que a bancada evangélica protocolou no último dia 18 para suspender o decreto assinado pela presidente afastada Dilma Rousseff, que permite que travestis, mulheres transexuais e homens trans sejam tratadas e tratados pelo nome social. Ou seja, querem obrigar que a população trans seja tratada apenas pelo nome de registro.

A modelo frisa que não desrespeitou evangélicos e tampouco símbolos religiosos, tanto que a Bíblia trata-se de um fichário. “Desrespeito são os pastores que arrecadam milhões de pessoas em nome da fé, que ficam milionários, entram para a política e querem tirar os nossos direitos. Escarnio é vender sabão em pó por 70 reais, água por 100 e pedir senha de cartão de crédito. Está na hora de a sociedade acordar para isso”.


Ela termina mandando um recado, baseado em uma frase da Bíblia: “Falsos profetas aparecerão (Mateus 24). E eles estão aí. Cuidado”.

O tema desta edição foi "Lei de identidade de gênero, já! - Todas as pessoas juntas contra a Transfobia!”. A PL 5002/2013, conhecida como João Nery, é de autoria de Jean Wyllys (PSOL/RJ) e Erika Kokay (PT-DF) e tem entre os seus objetivos a facilitação da mudança de nome e gênero dos documentos. Vale lembrar que em 20 edições é a primeira vez que a Parada LGBT fala sobre a comunidade T. 


About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.