Pop e Art

Empresa une moda e ativismo trans ao lançar camiseta com estampa de João W. Nery


.
Por Neto Lucon

O rosto do escritor e psicólogo trans João W. Nery estampa as mais novas camisetas da marca Gael, que é conhecida entre os homens trans por comercializar binders e minoxidil. E vem recebendo muitos elogios na rede ao aliar moda e militância.


+ Zara investe em roupas "sem gênero", mas falta ousadia

De acordo com o fundador da empresa Bernardo Gael Martins, a iniciativa surgiu para homenagear o primeiro homem trans a passar por cirurgias no Brasil. E para destacar os trabalhos de João, que é autor do livro Viagem Solitária e que dá nome à PL 5002/2013, conhecida como lei de identidade de gênero.

“João é importante para nós. Imagina só, há 15 anos eu não imaginava que poderia ser o que eu realmente sou, o que eu sentia não tinha nome. Hoje, eu posso usar algo que representa o que eu sou, homenageando alguém que mudou a minha vida com as obras dele”, afirma ao NLUCON.

O modelo responsável pelo ensaio de divulgação é o lindo, fofo e querido Arthur Cardoso – que arrasou nos cliques.

A camiseta confeccionada tem 67% poliéster e 33% viscose. Ela vem nos tamanhos P, M, G e GG nas cores preta, branca e cinza. E varia entre R$30 e R$35, mais o frete.

Procurado pelo NLUCON, João Nery disse que aprovou a iniciativa e que já está com a sua camiseta em casa. Quem quiser adquirir uma ou mais, deve acessar a fanpage oficial da marca clicando aqui

Como diz o fundador, é para vestir e protestar!

Confira um bate-papo com o criador da marca:
"Hoje eu posso usar algo que representa
o que eu sou, homenageando alguém que
mudou a minha vida com suas obras"

- Como surgiu a ideia da camiseta com o rosto do João W. Nery?

Eu sempre gostei de expressar meus sentimentos através das roupas, por exemplo: bandas , cantores e pessoas que admiro. A ideia da camiseta João Nery surgiu com a junção dos meus gostos pessoais e com a vontade de lançar um produto novo para o público trans. Então eu pensei: Por que não homenagear uma pessoa que sempre lutou pela nossa causa? Por que não estampar numa camiseta o rosto do primeiro homem transexual do Brasil e sair com ela por aí diariamente pelas ruas para que as pessoas possam conhecê-lo também? E claro, as pessoas também podem usá-la nas paradas LGBT de suas cidades!

-Em sua opinião, qual é a importância dela?

Sem dúvida nenhuma ter lançado um produto completamente inusitado para o nosso público tem uma importância muito grande para mim. Agora, acredito que a camiseta é importante também para quem compra. Imagine só, há 15 anos eu não imaginava que poderia ser o que eu realmente sou, o que eu sentia não tinha nome. Hoje, eu posso usar algo que representa o que eu sou, homenageando alguém que mudou a minha vida com as obras dele.

- Quem foi que fez o desenho/arte?

A arte da camiseta foi desenhada a mão por um amigo que é responsável por todo o design da nossa loja. Ele pegou uma foto do João Nery, fez uma caricatura e escreveu no chapéu: 1º Homem Trans brasileiro!

-É você mesmo o responsável pela venda? Ou faz revenda?

Sim, eu sou o responsável direto pelas vendas. Assim como os outros produtos da loja (binders e minoxidil para a barba), eu não revendo, produzo todos os produtos com o auxilio de algumas pessoas devidamente preparadas e então comercializamos. A camiseta é a mesma coisa.




.
- Quais são os detalhes da camiseta?

Ela é leve e confortável, tendo 67% de poliéster e 33% de viscose. No momento estamos fazendo nos tamanhos: P, M, G e GG e nas cores: Preta, branca e cinza. Nos tamanhos P, M e G ela custa 30,00
Do GG pra cima ela custa 35,00. Lembrando que mandamos para o mundo inteiro, só somarmos o valor da camiseta ao valor do frete.

- O que as pessoas estão falando sobre ela?

Antes de lançar a camiseta, fiz uma pequena pesquisa de novos produtos, porém sem mostrar a arte. A aceitação no primeiro momento foi ótima. Mas quando lancei a camiseta, a aceitação foi melhor ainda! As pessoas adoraram e estão aderindo.

-O João chegou a comentar algo?

Sim, claro! Obviamente para comercializar eu precisava da autorização dele. Conversamos, ele autorizou e eu já mandei a dele de presente.

- A camiseta acaba beneficiando a causa trans?

Claro! Existe um projeto de Lei apresentado pelo deputado do Rio de Janeiro, Jean Wyllys, que carrega o seu nome (PL 5002/13 João Nery). O projeto de lei garante o direito do reconhecimento à identidade de gênero de todas as pessoas trans no Brasil. Por isso, colocamos nas costas da camiseta a frase: “ Lei de identidade de gênero já”. Assim, contribuímos e ao mesmo tempo protestamos.

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.