Pop e Art

Homem trans detona fetichização de seus corpos em marchinha de carnaval, “Maria Testosterona”



.
O empresário e cantor David Cristian – que é homem trans - divulgou em suas redes sociais uma marchinha de carnaval para o próximo ano, Maria Testosterona. Trata-se de uma crítica às pessoas que fetichizam e fazem imposições aos corpos de homens trans.

+ Modelos mostram em ensaio que homens trans podem ser gays; veja


Na letra, David fala sobre uma mulher que está cansada de homens cis e que querem homens trans. Mas desde que ele esteja “em transição, que tenha barba, que tenha cara de menino e que seja bem masculino”.

Ou seja, trata-se de uma manifestação artística sobre a opressão que homens trans sofrem em suas vidas amorosas com pessoas que querem incluí-los e obrigá-los a seguir um padrão de corpo. E também que criam expectativas e os comparam aos homens cisgêneros (aqueles que foram designados homens ao nascer e que se identificam como homens).

Juntamente com a letra, David desabafou: “Minha forma de protesto básica a toda essa palhaçada (risos). Afinal de contas, além de tudo, ainda querem escolher homem trans com passabilidade cis... ¬¬”. Vale ressaltar que a alfinetada vale tanto para mulheres quanto homens - cis ou trans, viu? 

A postagem conta com mais de 4 mil visualizações, mais de 400 curtidas e quase 100 compartilhamentos.

Assista ao vídeo:



A letra:

MARIA TESTOSTERONA

Ela não quer mais homem cis
Díz que só homem trans que vai fazer ela feliz
Eu vou trazer uma verdade a tona
É que eu não aguento as maria testosterona... (refrão)

Elas já chegam deixando um recado
Dizendo que só querem homem trans pra namorado
Que homem trans sempre é mais carinhoso
Que são bem mais sensíveis e também são amorosos

Elas usam os caras trans pra close
Postam no facebook foto só fazendo pose
Querem um homem trans como paixão
Mas só valem aqueles que já estão em transição....

E homem trans que vai se apaixonar
Com a barba no rosto pelo menos tem que estar
Só vale aqueles com cara de menino
Que estejam bem barbudos e também bem masculinos....

E por final eu venho aqui falar
Que eu to tão cansado delas me fetichizar
Tudo é homem em qualquer situação
Eu to cansado mesmo é dessa comparação!

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

1 comentários:

Tecnologia do Blogger.