Realidade

Homens trans se reúnem para aula da boxe e piquenique em São Paulo



.
Vinte e um homens trans, pessoas transmasculinas e não-binárias designadas mulheres participaram na tarde de domingo (17) de um encontro promovido pelo IBRAT-SP no Parque da Juventude, em São Paulo.


Nele, houve um aulão de boxe com o professor Matheus Gabriel e um piquenique. A ideia é ter um espaço de acolhimento e troca de experiências.

As aulas começaram às 14h30 com a participação voluntária de sete pessoas. Já das 16h às 18h rolou um piquenique entre todos os presentes, que aproveitaram para se conhecerem e confraternizarem.

De acordo com o militante Thomas Fernando, após o sucesso da iniciativa, será proposto todo terceiro domingo do mês uma atividade diferente para que o grupo possa se encontrar e se divertir sem medo.




.
“A ideia é fazer sempre em locais diferentes próximos ao metrô ou trem para que não aconteça só pelo centro e mais gente possa ir. O primeiro foi na Zona Norte e o próximo em agosto queremos que seja na Zona Sul”, declarou.


O grupo pensa em exibir um filme e promover um debate sobre ele. “Com essas atividades queremos discutir questões importantes como família, relacionamentos, sexualidade, saúde, empregabilidade, educação... E das conversas, levantar demandas para atuarmos melhor pela cidade”, finalizou.

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

4 comentários:

Anônimo disse...

Não entendi a necessidade de escrever "designadas mulheres" levando em consideração que na postagem ja diz que era sobre HomensTrans, transmasculinas.

Anônimo disse...

Porque nem todo mundo se define como homem trans ou transmasculino... E a ideia foi abarcar todas as pessoas que foram designadas mulheres, mas que não se identificam com essa definição. IBRAT

Anônimo disse...

Exatamente, nem tds se definem assim pois tem NB o que não é nenhum gênero, então ainda sim não fez sentido o "designadas mulheres"

Anônimo disse...

Mesmo as pessoas não-binárias... O evento não abarcou as pessoas que foram designadas homens e que se definem como não-binárias. Apenas as que foram designadas mulheres e que se identificam como não-binárias... Enfim.

Tecnologia do Blogger.