Eventos

2ª Conferência [SSEX BBOX] traz 33 atividades gratuitas sobre gênero, sexualidade e empoderamento


Por Neto Lucon
Fotos: Dani Villar


A 2ª Conferência Internacional [SSEX BBOX] e Mix Brasil, que ocorre entre os dias 9 e 20 de novembro no Centro Cultural São Paulo, vai reunir um time de personalidades nacionais e internacionais para debater gênero, sexualidade, preconceito e empoderamento – fazendo importantes recortes envolvendo racismo, machismo, classismo e outras opressões.


Neste ano, vão estar presentes a diretora de CNV (comunicação não-violenta) da Bay Area, Nancy Kahn (EUA), a professora Claire Rumore (EUA), a cartunista Laerte Coutinho, a transfeminista Jaqueline Gomes de Jesus, a ensaísta e performer Jota Mombaça. Além de outros pesquisadores, artistas e performers espalhados em mais de 33 atividades gratuitas, entre palestras, mesas de debate, workshops, exibição de filmes, rodas de conversa e performances artísticas.

“O compromisso do projeto [SSEX BBOX] é criar espaços físicos e virtuais que democratizem o acesso à informação e estimulem um diálogo aberto, permitindo que as pessoas descubram mais sobre si mesmas e seus desejos”, afirma Priscilla Bertucci, um dos curadores e coordenador-geral da iniciativa [leia entrevista com ele clicando aqui], que espera reunir mais de 10 mil pessoas nesse ano.

"Precisamos nos instruir e nos juntar
para resistir contra o conservadorismo"
A Conferência visa contribuir para a produção de conhecimento (por meio das palestras, debates, oficinas e vivências), para a promoção de um espaço que seja acolhedor às várias identidades e também para a reflexão de novas estratégias de enfrentamento da homofobia e transfobia. “Em tempos de intolerância, alguns caminhos possíveis são a informação e a união: precisamos nos instruir e nos juntar para resistir e oferecer conhecimento contra o conservadorismo machista, sexista, racista, misógino e LGBTfóbico”, diz Pri.

Para viabilizar a realização do evento, a conferência está realizando uma campanha de financiamento coletivo (crowdfunding) na plataforma Catarse: www.ssexbbox.com/campanha.

CRIANÇAS TRANS, EMPODERAMENTO E ASSÉDIO

Entre a programação, que você pode conferir na íntegra clicando aqui, destacamos a mesa de debate “Crianças e Adolescentes Trans", que ocorre no sábado (19). Com a mediação de Maria Adrião (Unicef), os especialistas Desirèe Monteiro Cordeiro, Viviane VergueiroDaniel Mori Gabriel Villaça falam sobre quais são os desafios de percepção e acolhimento para a família, a escola e a sociedade em geral, no que tange a reivindicação das identidades trans na infância.

Os cursos “Os Conceitos Básicos da Comunicação de Empoderamento I, II, ‘através das diferenças: privilégio e raça’ e ‘através dos gêneros’”, que ocorrerão em vários dias,  pretendem expor práticas de comunicação para apoiar o poder pessoal, a possibilidade de escolha e conexão consigo e com os outros. Ministrados por Nancy Kahn e Lenel de Emma, eles também visam mostrar ferramentas para aumentar a capacidade de expressar a própria verdade com coragem, cuidado e a capacidade de ouvir com empatia.



.No sexta-feira (11), às 18h30, será exibido o filme “Precisamos falar do Assédio”, que coletou depoimentos de mulheres de São Paulo e Rio de Janeiro que foram vítimas de qualquer tipo de assédio. Elas falaram livremente sobre o assunto e muitas tocaram pela primeira vez nas feridas, mostrando a violência machista em que são submetidas. Após a exibição do filme, haverá debate com a diretora Paula Sacchetta.

A bissexualidade também mostra a sua cara e suas questões no sábado (12), às 19h30, com uma roda de conversa com Natasha Avital e Terra Grammont. No bate-papo, pretende-se falar sobre como as estruturas e instituições sociais contribuem para a discriminação contra pessoas multissexuais (aquelas cujas atrações e afetos abrangem mais de um gênero.

Já na quinta-feira (17), às 18h30, a doutoranda em teoria literária pela Unicamp Amara Moira dará uma oficina. O encontro destina-se à escrita literária em que os marcadores identitários como, por exemplo, gênero, raça, orientação afetivo-sexual são determinantes para a sua produção. Para quem almeja começar a escrever ou se aprofundar na temática, é imperdível.




A Conferência [SSEX BBOX] abordará ainda a mulher no hip hop, Mães pela Diversidade, Cultura do Estupro, Adolescentes no movimento LGBT, Queer Pelo Mundo, Descontruindo o HIV, Masculinidades, dentre outros importantes temas. Serão ao todo sete mesas de debate, nove rodas de conversa, 14 oficinas e cursos e três filmes seguidos de debate.

Prepare-se e se programe clicando ao lado: http://ssexbbox.com/conferencia/


SERVIÇO
2ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL [SSEX BBOX] & MIX BRASIL
Quando: de 9 a 20 de novembro de 2016
Onde: Centro Cultural São Paulo – Rua Vergueiro, 1000, Paraíso, São Paulo-SP
Ingressos: gratuitos – retirada de ingressos uma hora antes de cada atividade.

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.