Pop e Art

De Aracaju para o mundo! Conheça a modelo trans Amanda Araújo



.
Por Neto Lucon
Foto: Dinho Araújo

A modelo Amanda Araújo, que é uma mulher transgênera de 21 anos, é uma das apostas do mundo da moda. Natural de Aracaju, Sergipe, a bela de 1,82m vem fazendo galgando trabalhos em Belo Horizonte e inicia temporada na Europa (atualmente ela está na Alemanha).


A carreira começou há dois anos quase por acaso, quando o renomado estilista Abel Wesley a convidou para desfilar no Aracaju Fashion Day. Três meses após a estreia em grande estilo, ela foi convidada para outros trabalhos, foi contratada pela WS Models e não parou mais.

Na última semana, a TV Sergipe – que é uma das filiadas da TV Globo – a acompanhou o retorno a Sergipe e os preparativos para ir a viagem. Ela revela que seu objetivo é mostrar o valor de uma mulher transexual que conseguiu superar obstáculos e chegar lá.

“Eu vim da favela, da quebrada e estou conseguindo fazer com que as pessoas vejam que eu tenho algo para mostrar, que eu tenho algo para somar e para dizer. Para mim, isso é maravilhoso”, disse.



A mãe Ângela Araújo baba pelas conquistas da filha. "Acompanhei toda a história dela, e vivi isso. Eu sofri junto com elas os preconceitos, mas acho que temos que seguir em frente e amar os nossos filhos, independente de gênero, cor, do que venha. Eu amo a minha filha e sei que ela é uma pessoa maravilhosa”, declarou.

Amanda destaca ainda que tem consciência da luta história que está por trás de sua trajetória de sucesso. “Se hoje eu estou linda e maravilhosa, muitas tiveram que morrer para que eu pudesse estar aqui. E muitas modelos transexuais também tiveram que dar a cara à tapa para que eu conseguisse esse espaço. Estou ocupando graças a elas e estou aqui também pelas próximas”, disse.

Ela agradece Diego Leão, Studio Rasta Afro Capilar e Flower Jah Trançados. 


Bela e consciente, né? Que ganhe o mundo!









About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

1 comentários:

Jonathan disse...

Linda <3

Tecnologia do Blogger.