Pop e Art

Estilista Ronaldo Fraga traz casting 100% de modelos trans no SPFW; saiba o que rolou


Por Neto Lucon

O estilista mineiro Ronaldo Fraga decidiu fazer história e disseminar uma importante mensagem no São Paulo Fashion Week (SPFW) no palco do Theatro São Pedro. Ele recrutou nada mais nada menos que 30 modelos trans para o seu desfile, que ocorreu na quarta-feira (26).


Sim, um casting 100% trans. Dentre as modelos escolhidas estão Melissa Paixão, Carol Marra, Melissa Alonso (a Striperella!), Valentina SampaioLua Aoki, Isabella Pascolatto, Glamour Garcia, Ledah Martins, Branca Bacci, Danna LisboaValentina Luz, Aretha Sadick, Kiara Felippe...

De acordo com o estilista, a ideia foi uma maneira de protestar contra o retrocesso e contra as mortes das travestis e mulheres transexuais no Brasil – o país que mais mata população trans e todo o mundo, conforme avisa a ong internacional Transgender Europe.

Em uma conversa com todas no teatro, ele disse: “Esta coleção fala de coragem, resistência e amor. Meu lema é: otimista só de raiva. E aqui temos um bando de resistentes”, declarou, sendo aplaudido pelas modelos.




Só derrapou ao falar “o” travesti, sendo corrigido posteriormente pelas meninas e pedindo desculpas. (É "A" travesti). E também por não demonstrar tanto conhecimento sobre identidade de gênero em entrevistas, dizendo que as modelos são “homens que se veem como mulheres”. Elas já são mulheres... Ok, sigamos.  

O DESFILE

A coleção “El Dia Que Me Quieras” refere-se ao espaço de resistência ao preconceito criado pelo estilista Ney Galvão no interior da Bahia nos anos 1970. Na época, várias travestis adquiriam as peças, prestigiavam e resistiam. 

Após 46 anos, o espaço é lembrado e adaptado aos palcos do SPFW ao som de Bandolins. Vestidos de mangas bufantes, babados de renda e corte reto inspirados nos anos 20, 30 e 40 ganham vida com as modelos trans. Algumas peças traziam a estampa de bonecas de papel.

Após desfilarem uma a uma com suas roupas – e não ficarem devendo nada às modelos cis – a experiente Carol Marra finaliza atraindo aplausos. Ao fim, as modelos aparecem em pares dançando valsa só de lingerie.

O estilista também surge atrás delas, aos prantos, e beijando a mão de cada uma. “O mundo não precisa de mais um desfile, mais uma coleção, mais uma tonelada de roupas e sapatos. Moda é muito mais do que isso", declarou ele, acertando na mensagem. 



O ícone da moda Costanza Pascolato declarou que se emocionou com o desfile. Para a revista L’officiel, o desfile “foi um lembrete para convidados e jornalistas de que a moda é muito mais do que roupa, é também uma forma de libertação”.

DE SAÍDA/ DE CHEGADA

A modelo Carol Marra, que declarou encerrar a carreira de modelo de cinco anos, definiu o desfile ao lado das novatas como o fechamento de um ciclo. “Me sinto honrada por ter sido uma das pioneiras, ter feito história e aberto portas para outras que estão vindo e ainda virão. Somos todos iguais. Não ao preconceito”.

Já a modelo Branca Bacci declara que ficou “honrada” com a oportunidade. “Saber que um dos mercados mais implacáveis, o da moda, vem se abrindo e possibilitando acontecimentos como esse, me deixa esperançosa. Que meus cinco minutos de holofotes iluminem todas nós para sempre”.
Carol Marra e Branca Bacci

Que este feito repercuta positivamente na comunidade trans e que as modelos em questão consigam ir além da visibilidade pontual e que sejam aproveitadas para outros trabalhos.

Assista ao vídeo:


About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

2 comentários:

Alessandra disse...

Que as portas se abram para todas as mulheres transgêneros!!

Anônimo disse...

Sensacional, se o mundo fosse sempre assim seria maravilhoso!

Tecnologia do Blogger.