Pop e Art

Homens trans lançam canal “Cavalos-Marinhos” e falam sobre LGBT, negritude e vivências



.
Os amigos Thomaz Oliveira, de 22 anos, e Diogo Almeida, de 20, lançaram recentemente no Youtube o canal “Cavalos-Marinhos”. O objetivo é falar sobre a comunidade LGBT, negritude, opressão e vivências sob a ótica de dois homens trans inteligentes, militantes, lindos e fofos.


“Queremos trazer pauta LGBT, racismo, machismo, nossas vivências, relacionamentos, família e o mundo sob a ótica de homens trans. Queremos também responder dúvidas”, declarou Diogo na apresentação do canal, realizada há quatro meses.

Thomaz tem 22 anos, cursa faculdade de psicologia e afirma que começou a militar por meio da internet – “Fui me interessando pelas pautas e acrescentando na minha formação”. Já Diogo tem 20, cursa a faculdade de Recursos Humanos e diz que a entrada para a militância deu início após sofrer violência transfóbica em plena Parada do Orgulho LGBT de SP.

Ambos fazem parte do coletivo LGBT "Contra a Maré", em Santos.


Até o momento, 17 vídeos foram publicados e falam sobre diversos assuntos dentro da comunidade trans. Os mais visualizados são os que discute a hierarquização dos homens trans (quando acham equivocadamente que alguns homens trans são 'mais homens' que outros devido à hormonização ou cirurgias), as perguntas que não se deve fazer a uma pessoa trans, destransição e o processo transexualizador do SUS.




.
Segundo a dupla, o nome “Cavalos-Marinhos” dá-se pela relação em que o animal têm com os homens trans. “Cavalo-marinho é uma espécie em que o macho engravida e ele não deixa de ser macho por isso. Assim como nós, homens trans, não deixamos de ser homens pela possibilidade de engravidar”.

A escolha do nome também tem relação com o lugar onde eles moram, o litoral de São Paulo. Aliás, eles esperam que outros homens trans do litoral apareçam para que engrossem o caldo da militância trans. 


Ficou com a curiosidade aguçada? Para conferir o conteúdo do canal basta assistir a alguns vídeos selecionados pelo NLUCON abaixo ou então clicar aqui e conferir todos os vídeos. E não se esqueça de curtir, compartilhar e se inscrever no canal para acompanhar todas as atualizações, ok?

Vamos lá: 





About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.