Pop e Art

Poetisa trans Paula Benett prepara 1º livro e recita poema para travestis idosas



.
Por Neto Lucon

A poetisa Paula Benett – que é mulher trans – revelou ao NLUCON que prepara o seu primeiro livro de poemas em que fala sobre mulheres, LGBT, pessoas negras, idosas e com deficiência. Ou seja, poemas dedicados as pessoas que sofrem preconceito e grupos que são vulneráveis nesta sociedade. Dentre os textos, está o universo das pessoas idosas, principalmente das travestis e transexuais na terceira idade, “Bordando a Vida”.


Ela recitou o poema durante o 2º Workshop Regional da Rede Trans Brasil etapa Sudeste no último sábado (22). E o dedicou às militantes Sissy Kelly e Marcelly Malta, que discursaram sobre os tempos de ditadura no Brasil.

“A minha homenagem é para essas duas guerreiras e para as outras também, que estão vivas, ou seja conseguiram sobreviver, e para aquelas que não estão mais entre nós, mas merecem ser lembradas e homenageadas. Afinal, se uma pessoa idosa (cis) já enfrenta dificuldade, imagine para as pessoas travestis e transexuais. É muito pior”, declarou.
Paula recita poema para Marcelly e Sissy

Paula afirma que já tinha vontade de homenagear Sissy e Marcelly e que o poema foi escrito entre o Workshop Centro-Oeste e Sudeste da Rede Trans”.

Quando escrevi as primeiras pessoas que mandei foram Sissy e Marcelly, que aprovaram. Sissy respondeu que ficou emocionada e isso me tocou muito. Com o aval dela, li no Baile da Primavera para 300 pessoas idosas no Distrito Federal. Muitas delas são moradoras de asilos e casas de acolhimento, e elas amaram”, contou.

+ "Vivo abaixo da linha da invisibilidade", diz Sissy Kelly aos 60


O livro, que ainda não tem nome definido, será o primeiro de poemas de Paula. Ela também prepara outros poemas que irão compor a obra, como um que abordará a escravidão desde o auge até os dias atuais. E outros que foram lidos em eventos, entre eles "Arco-Íris de Luto e de Luta", que foi escrito especialmente para I Festival Internacional de Cinema LGBTI, organizado pelas embaixadas da Bélgica e dos EUA, que homenageou as vítimas de 12 de junho e as LGBT do Brasil que perderam suas vidas pelo preconceito.

 "Fico muito feliz por poder militar com o que mais gosto, que é escrever, tocar o coração das pessoas e principalmente sensibilizá-las trazendo a realidade à tona", declara Paula que, além de poetisa, também é assessora de Direitos Da Diversidade do Distrito Federal e Conselheira no Conselho da Mulher do Distrito Federal.


Assista ao vídeo (acompanhe o texto abaixo):



Bordando a vida

A agulha é o tempo;
Que costurou esta história,
Tão rápida como o vento;
Remendando as memórias.

O passado já não volta;
Só me resta a saudade;
Então toque logo a valsa;
Desta tal realidade.

No bailado desta vida;
Eu dancei em verso e prosa;
Com o moço ou a dama mais bonita;
Sob pétalas de rosas.

As linhas da minha pele;
Fizeram a trama mais bela;
A lembrança que remete;
O florescer das primaveras.

Que as rendas da felicidade;
Bordem este lindo sonho;
Tecendo a colcha das amizades
Me afastando do abandono.

Eu ainda tenho medo;
De sofrer injustamente;
Não retirem meus direitos;
De viver dignamente.

Nos meus cabelos a brancura;
Como fios de algodão;
No meu rosto a ternura;
Nos meus braços a paixão.

Meu silêncio, as vezes, é grito
Contra seu preconceito pobre;
Só não julgue meu espírito;
Eternamente jovem.

Da lágrima ao sorriso;
Da dor a esperança;
vou escrevendo o meu livro;
de amor e de lembranças.

Eu sou o reflexo do espelho;
Eu sou o brilho da aurora;
Eu sou quem precisa de respeito;
Eu sou a pessoa idosa.

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.