Eventos

Artistas e militantes que ajudam causa trans receberão troféu “Guerreiras” em festa


Por Neto Lucon

A festa Terça Trans, que ocorre neste dia 13 de dezembro no espaço MUSS, centro de São Paulo, irá homenagear a partir das 23h as ativistas, militantes e artistas que contribuem com a causa das travestis e mulheres transexuais. Elas receberão o prêmio “Guerreiras”.

De acordo com a organizadora Paty Delli, a intenção é ressaltar o trabalho de pessoas que estão sempre engajadas em prol de visibilidade positiva para as trans, na luta pelo reconhecimento dos direitos e no combate a transfobia.

Dentre as homenageadas estão as artistas Marcinha do Corinto, Carla Hellen, Gretta Star, Rafaella Faria, Willa White, Kilye Hickmann, a estilista Michelly X, a DJ Ledah Martins, a esteticista Lalá Laurenti, as militantes Brunna Valin, Kimberly Luciana, Adriana da Silva, Renata Peron, dentre outras.

Noite também vai eleger os "melhores do ano"
“São pessoas que lidam diretamente e diariamente com outras travestis e transexuais com os seus problemas de direitos e preconceitos sofridos. São verdadeiras guerreiras que não fogem da luta e que sempre estão à disposição a ajudar na linha de frente na nossa luta contra o preconceito”, declarou Paty.

A festa conta ainda com outras premiações do “Melhores do Ano”, os shows de Carla Hellen, Bruna Gabanna, Jhoany Wilker e Sara Saron. Além da performance da gogo trans Willa White e da hostess Leona Top Fluor. O som fica por conta do DJ Thiago Roberto. Imperdível!!!

A festa Terça Trans desta terça-feira (13) ocorre no bar Muss, Rua Bento Freitas, 66, Largo do Arouche.

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.