Header Ads

Transserviços

Bloco vai gritar contra a transfobia e pela aprovação da PL João Nery nas ruas do RJ


O grupo Mulheres Rodadas, Mulheres de Tebas e TransRevolução vão colocar na sexta-feira (27) a partir das 18h30, um bloco em grito contra a transfobia. O "ensaio aberto" ocorre na Cinelândia, centro do Rio de Janeiro.

O bloco faz menção ao Dia Nacional da Visibilidade Trans, dia 29, quando marca o debate sobre questões da vivência de travestis, mulheres transexuais, outras transfeminilidades, homens trans e outras transmasculinidades.

Dentre as pautas está a aprovação da PL 5002/2013, a Lei João Nery, de identidade de gênero. Ela tramita na Câmara dos Deputados desde 2013 e busca garantir à população trans o reconhecimento formal de sua identidade de gênero e retificação de nome de registro em todos os documentos, minimizando os humilhantes processos de laudos que atestam a identidade trans como transtorno psicológico.

O ato também vai lembrar que o Brasil é o país que mais mata travestis e transexuais no mundo mundo, de acordo com a Ong Transgender Europe, e o fato de esta população não superar os 35 anos. Além das mortes e assassinatos, a transfobia está presença na falta de opções de trabalho formal e de locais seguro para a prostituição.



Na página do evento, a organização diz: “Como não precisa ser trans para lutar contra a Transfobia o bloco Mulheres Rodadas estará presente trazendo a força e a importância do Feminismo. Vamos nos conscientizar. Vamos sambar. Vamos cantar. Vamos Gritar: "TRANSFOBIA MATA!" e "SIM A APROVAÇÃO DA LEI JOÃO NERY". Respeite as Minas, as Manas e as Monas”.

Vale ressaltar que machismo, misoginia, racismo, etarismo, homofobia, lesbofobia, capacitismo, bifobia ou qualquer tipo de preconceito e opressão NÃO são permitidos de forma alguma. Respeito é bom e geral gosta!

Programe-se e confirma a presença no evento clicando aqui.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.