Header Ads

Transserviços

"Eu não odeio meu corpo" é o tocante curta do artista trans Bernardo Enoch; assista


Por Neto Lucon

Em muitos discursos, quando falam-se de pessoas trans, existe o discurso: “são pessoas que nasceram no corpo errado”. E foi para mostrar que nenhuma frase pronta contempla a totalidade de um grupo que o artista (e também fotógrafo e youtuber, diretor e faz de tudo) Bernardo Enoch lançou o curta “Eu não odeio o meu corpo”.

O curta trata-se de um poema que Bernardo escreveu – ele diz que se expressa melhor escrevendo que falando. “O poema veio do nada, tipo ‘preciso escrever um poema sobre isso’. É algo mais natural mesmo. 'Tô pesado, preciso por para fora todas essas palavras' e aí era sobre a relação que ando tendo com meu corpo e com meu eu de agora”.

Para fazer um curta, ele decidiu convidar alguns amigos Pedro Henrique e Ariel Modara, que também são homens trans e youtubers. “Sempre quis fazer curtas, então tenho vários roteirinhos de ideias. Esse do corpo queria fazer algo pessoal. Chamei meus amigos, eles toparam. Ariel adiantou a viagem para São Paulo só para fazer parte do meu vídeo”.
Bernardo, Ariel (ao fundo) e Pedro (frente)

A ideia era basicamente mostrar que todos eles estão “de boa” com seus corpos trans”, “Não só para o mundo, mas para nós mesmos, e que não tinha nada errado com eles”. E lançar no Dia Nacional da Visibilidade Trans, 29 de janeiro. Mas o curioso é que também contempla outras pessoas e vivências - e não necessariamente de pessoas trans. 

Bernardo alerta que nem todas as pessoas podem gostar do seu corpo ou não ter problemas com algumas partes. E que o vídeo que prega a aceitação do corpo não é regra. “É algo pessoal de cada um. Não pensem que todo trans está de boa em relação ao corpo. Mas num mundo ideal, todo mundo se amaria do jeito que é, podendo fazer as mudanças que gostaria de fazer individualmente, e não sob a pressão do que a sociedade diz para a gente mudar o que não quer”.

Obs: Como sugestão, o NLUCON sugeriu que Bernardo, que já tem outro curta incrível (que vou divulgar posteriormente), inscrevesse em festivais, mas ele resolveu dar essa canja para os seguidores gratuitamente. Então, aproveitem muito e compartilhem. É um trabalho tocante, emocionante e necessário!

Assista ao vídeo:



Bastidores:





Conheça o canal do Bernoch no Youtube clicando aqui .
Para quem quiser ver as fotografias dele clique aqui.
Tecnologia do Blogger.