Pop e Art

Fantástico grava série sobre população trans para o março


O jornalístico dominical Fantástico – Show da Vida - da TV Globo está gravando uma séria com a população trans (travestis, mulheres transexuais, homens trans e outras transgeneridades) para uma série especial, que está prevista para março.

Quem deixou escapar é a jornalista Renata Ceribelli e algumas fontes, que mostraram os bastidores das gravações. Há também postagens em que a jornalista se limita a mostrar apenas metade do rosto da pessoa e nem nome, dizendo que a pessoa passa um enorme preconceito.

Em uma delas, Renata aparece interrompendo uma gravação com a ex-produtora da Globo e atriz Bárbara Aires, que é uma mulher transexual. “A Bárbara é nossa consultora de uma série, que está gravando no banheiro masculino”, diz. “Uma mulher no banheiro masculino, que será?”, perguntou Bárbara. “Surpresa”, disse.

Outra foto que entregou a produção mostra o homem trans Leo Maulaz de sandálias de salto, mas não diz nada sobre a foto. O homem trans Robis Ramirez também mostrou os bastidores do programa em sua página pessoal.





E em outra foto ela diz que conversou com Bernardo, um garoto de 15 anos que cresceu sofrendo bullying e continuará por toda vida sendo julgado pela sociedade preconceituosa em que vivemos. “Mas vai passar ensinando as pessoas que o preconceito é folho da falta da ignorância”.

Pelo que apuramos, a cada domingo a partir de março uma história será contada pelo Fantástico. Ainda não se sabe quantas histórias vão aparecer no programa.Mas esperamos que todas elas sirvam de exemplos positivos e que Renata consiga conduzir bem o tema.

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.