Realidade

Indiana trans e marido cis mostram amor, rotina e afeto após casamento


Um casal formado por uma mulher trans e um homem cis vem ocupando várias conversas na Índia. Tudo porque eles decidiram assumir o romance publicamente. E, mais do que isso, se casarem em uma cerimônia pública e cheia de romance.

A história começou há dois anos, quando Madhuri Sarode e Jay Sharma se conheceram por meio do Facebook. Após algumas conversas em comum, eles decidiram se conhecer pessoalmente. Não se desgrudaram mais.


Nada foi capaz de separar os dois
Ao Metro, eles afirmam que nem mesmo as raízes hindus comprometeram o romance. E que conseguiram realizar a façanha de se casaram abertamente em um templo, em Mumbai. Foi o primeiro “casamento trans” público.

Anteriormente, outros casais com pessoas trans conseguiam casar-se em templos, mas sem escondido e em segredo. Eles quiseram espalhar a notícia para todos. E, mais, lutam para que o casamento seja reconhecido no papel. 


Ao conhecer a história, a fotógrafa Anu Pattanaik resolveu fazer uma sessão de fotos. “Fiquei encantada. Todas as ideias sobre o amor pareciam frívolas e pequenas perto de sua jornada”, declarou ao Metro, trazendo fotos da intimidade.





Ela afirma que eles quebram as normais sociais e vivem a vida em seus próprios termos, sem deixar que a pressão da sociedade atrapalhe. “Há muito o que aprender com esse casal excepcional”, disse a fotógrafa.

Toda vez que alguém fala sobre o namoro com alguma pessoa trans, um tabu se estabelece. Fofocas, especulações e muito preconceito. 

Mas o que as fotos mostram é que o casal, seja no Brasil ou na índia, tem uma vida absolutamente comum, como a de qualquer casal com pessoas cis. Não é mesmo?

Relembre a história deles clicando aqui.

Confira outros cliques:




About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.