Header Ads

Laverne Cox quebra protocolo no Grammy e pede: "Procurem por Gavin Grimm" no NLUCON


Por Neto Lucon
Tradução: Masao Farah

A atriz Laverne Cox, que é conhecida pela série Orange is the New Black, está em Doubt e é porta-voz da população em todo mundo, chamou atenção do mundo para que conhecem a batalha de um estudante homem trans na Suprema Corte durante o Grammy Awards no último domingo (12). Gavim Grimm.

Totalmente fora do que estava previsto, Laverne deixou seu lado ativista falar mais alto e disse: “Todos vocês, por favor, procurem no Google sobre Gavim Grimm. Ele vai a Suprema Corte em março”, declarou.

Laverne mencionou a hashtag #StandWithGavin e depois apresentou Lady Gaga e o Metallica (na verdade, ela esqueceu de mencionar o Metallica e teve até que se desculpar depois).

Para quem não sabe, o NLUCON explica e facilita quem não vai ao Google buscar: “Gavin Grimm é um menino trans que luta para ter seu direito de frequentar o banheiro e outros espaços que outros meninos cis na Gloucester High School, na Virginia.

Além disso, ele é o autor do processo "G.G. v. Conselho Escolar do Condado de Gloucester", onde será decidida se será respeitada a identidade de gênero de pessoas trans em qualquer espaço ou se as pessoas trans serão barradas dos banheiros e outros espaços baseados unicamente em suas genitálias. O processo traz um amplo debate em todo o mundo. 




NADA DEFINIDO

A Corte Suprema anunciou no começo deste mês que ouvirá os argumentos das partes no dia 28 de março, uma data extremamente importante neste caso que envolve os direitos das pessoas trans.

Anti-LGBT, Antonin Scalia faleceu e a Suprema Corte é composta atualmente por 8 membros. Caso haja um impasse no caso de Grimm, a decisão de apelação é a que permanecerá e isso pode trazer ramificações muito positivas para todos os estudantes trans do país.

Porém, com a nomeação de Neil Gorsuch, um juiz conhecido por ser conservador do Colorado, as chances de Grimm e da população trans podem ficar mais complicadas. Ainda não se sabe se será confirmado até 28 de março e, portanto, poderá dar seu parecer no caso. Essa confirmação pode levar de três semanas a três meses.



ATIVISTAS TEMEM DECISÃO

Muitos ativistas LGBT temem o futuro dos direitos das pessoas trans na administração de Trump. Enquanto Barack Obama orientava que todos os estudantes trans poderiam usar o banheiro correspondente a sua identidade de gênero, o novo departamento de justiça de Donald Trump pediu para suspender parcialmente essa ordem.

Há alguns sinais de que o departamento, agora comandado pelo novo procurador geral Jeff Sessions, pode mudar sua postura a respeito das diretrizes-trans já estabelecidas pela administração anterior.

COX, SUA LINDA

Cox fez história nesta semana, na CBS, emissora que transmite o Grammys. A intérprete é a primeira atriz trans a atuar em uma série trans regular na televisão, no drama 'jurídico' Doubt, no qual ela interpreta uma advogada. A série vai ao ar nas quartas-feiras.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.