Realidade

Mulher trans e marido cis realizam sonho de se casar pela 1ª vez sem segredos em templo na Índia


Madhuri Sarode, uma ativista trans, e o noivo Jay Kumar Sharma, homem cis, conseguiram realizar um sonho que nutriam há dois anos: casar em um templo de Mumbai sem que isso fosse encarado como algo errado ou que precisasse de sigilo. 

O casamento ocorreu no dia 28 de dezembro, quando os dois fizeram seus votos de união de acordo com os costumes hindus. E o que diferencia de outros casais, que já se casaram, é que eles não precisaram se esforçar para esconder a cerimônia. Pela primeira vez ela foi pública e divulgada pela comunidade.

Agora eles querem o casamento no papel
Embora a Suprema Corte tenha aprovado leis para contribuir com os direitos das pessoas trans, como uma terceira identidade, a sociedade ainda se mostra conservadora e dificilmente muda. Tanto que em dezembro de 2016, o primeiro diretor trans de uma faculdade teve que renunciar o cargo pela falta de cooperação da equipe.

Mas toda a pressão e o preconceito não deixaram que Madhuri e Jay sentissem vergonha ou intimidassem do romance, que começou por meio de uma conversa no Facebook há cinco anos. Após o primeiro encontro, eles não se desgrudaram mais e, hoje, formam um feliz casal.



O casamento foi assistido pela irmã de Sharma e o cunhado que moram em Dubai, mas os pais do noivo não estiveram presentes. “Minha mãe é realmente conservadora e até casamentos inter-casta não são aceitáveis para eles, portanto, obter aceitação para o nosso casamento será difícil”, declarou o noivo.

O cerimônia realizado dentro do templo ainda precisa ser legalizado. Mas a Suprema Corte ainda não fala sobre casamento para pessoas transgêneros, embora saiba que eles existam de maneira informal ou escondida.

“Eu quero o certificado de casamento para ser dado a mim. Estou disposta a lutar por isso e até r ao tribunal. Nós vivemos na Índia e é realmente difícil tirar a Seção 377 (lei da Índia contra 'relações sexuais contra a ordem da natura') dos livros. Quero lutar por mim e outras pessoas".


Felicidades ao casal!

About Neto Lucon

Jornalista. É formado pela Puc-Campinas e pós-graduado em Jornalismo Literário pela Academia Brasileira de Jornalismo Literário. Escreveu para os sites CARAS Online, Virgula e Estadão (E+), Yahoo!, Mix Brasil, no jornal O Regional e para a revista Junior. É autor do livro-reportagem "Por um lugar ao Sol", sobre pessoas trans no mercado de trabalho. Tem quatro prêmios de jornalismo, sendo dois voltados para as questões trans, Claudia Wonder e Thelma Lipp

0 comentários:

Tecnologia do Blogger.